Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Desemprego dispara e arrebenta cidades da região de Carajás

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se “nada é tão ruim que não possa piorar”, a culpa é de Edward Murphy, que sete décadas atrás, em sua vida de engenheiro aeroespacial, disparou tal sentença. Fora de contexto, a frase virou mantra mundial. Mas, aqui na região, ela nunca foi tão real na economia e no mercado de trabalho dos municípios de Marabá, Parauapebas e Canaã dos Carajás, cujos setores, desde 2014, têm passado de ruins para absurdamente piores.

Enquanto as prefeituras da região amargam crise financeira de proporções murphyanas, os municípios seguem apresentando números de desemprego escandalosamente estratosféricos. E não, não é exagero; são os fatos e os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados na tarde desta quinta-feira (24) referentes a outubro.


Os números do Caged, que contabilizam demissões e contratações atualizadíssimas, revelam que a teoria do caos proposta por Murphy nunca esteve tão próxima.

Reportagem: André Santos / Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também