Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Educadores discutem a avaliação na educação infantil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Gestores, técnicos e coordenadores da educação infantil da rede municipal de ensino participaram de formação voltada à reflexão das práticas de avaliação na modalidade de ensino em que atuam nesta segunda (30) e terça-feira (31), no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O principal objetivo da formação, que envolveu mais de 40 profissionais, foi compreender a avaliação na educação infantil como prática permanente de aprendizagem e desenvolvimento da criança e do trabalho docente, bem como perceber o processo de avaliação ancorado numa perspectiva crítica da criança, contemplando também percepções sobre o currículo.


Segundo a coordenadora pedagógica do Setor de Educação Infantil da Semed, Maria Elizete Pinheiros Barros, a educação infantil da rede municipal tem apresentado avanços, por meio de proposta de trabalho que visa oferecer às crianças a oportunidade de acesso a um ensino de qualidade para que possam se desenvolver de forma integral.

“A educação infantil tem avançado nos últimos anos, mas ainda existem pontos que precisam ser entendidos e melhorados, e a avaliação é um deles. Precisamos garantir que cada educador compreenda a avaliação como prática permanente, que deve ser realizada por meio de observação e registro”, destaca Elizete Barros.

Aplicabilidade

Com grande experiência em educação infantil, Maria Célia Sales Pena, mestre em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e coordenadora geral de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação de Belém, foi à responsável pela formação.

Segundo ela, a avaliação na educação infantil busca atender o direito fundamental da criança, que é desenvolver e aprender dentro do seu ritmo e tempo.

“Minha tarefa é, então, fazer os educadores refletirem sobre o significado da avaliação nesse segmento e discutirem: qual a importância da avaliação e quais instrumentos devem ser utilizados”, explica a especialista, informando que a equipe da Semed já tem uma proposta pedagógica que ampara a avaliação nessa perspectiva do direito da criança.

A gestora da Escola Mundo Infantil, Rosa Maria Costa, avaliou a oficina como muito proveitosa. “A formação embasa o nosso trabalho e assegura o que já fazemos. Estamos no caminho certo”, finaliza a gestora.

Reportagem: Messânia Cardoso

Publicidade

Veja
Também