Em Parauapebas, denúncias anônimas salvam arara de cativeiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O caso se deu no Assentamento Nova Esperança, onde, de acordo com denúncias feitas de forma anônima, havia uma Arara Canindé presa em um cativeiro sofrendo maus tratos e sendo ameaçada de abate.

De mãos da informação, uma guarnição deslocou-se para o endereço informado, onde foi recebido pela proprietária do sítio que autorizou a entrada dos policiais no local onde foi encontrada a ave.


De acordo com a mulher abordada, foi sua sobrinha que a capturou nas proximidades do sítio e estava aprisionando o animal em uma gaiola.
Os policiais visualizaram a ave que foi de imediato liberta. Como a suposta dona da ave não se encontrava no local, ninguém foi preso pelo crime contra a fauna, sendo apenas confeccionado no local o Boletim de Atendimento da Polícia Militar e dado por encerrada a ocorrência.

veja também