Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ex-vereador João do Feijão vai ao Tribunal do Juri acusado de matar jovem ao dirigir embriagado

Era uma tarde de sábado, dia 16 de setembro de 2017, quase 7 anos depois, finalmente a Justiça pronunciou o ex-vereador João Assi, conhecido como “João do Feijão”, pela morte do jovem identificado como Fernando Pereira dos Santos, que perdeu a vida aos 22 anos de idade.
A juíza Adriana Karla Diniz Gomes da Costa, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parauapebas, no último dia 11 de junho, sentenciou que “João do Feijão” será julgado pelo Tribunal do Júri, pelo crime do Art. 121, caput, do Código Penal, homicídio doloso, sujeito a pena de 6 até 20 anos de prisão.
Na esfera cível, “João do Feijão” e o município de Parauapebas já foram condenados a indenizar a família do jovem Fernando Pereira.
O caso

O ex-vereador “João do Feijão” é acusado pelo Ministério Público do Pará de matar o jovem Fernando Pereira dos Santos, mediante atropelamento, embriaguez ao volante e dirigindo em alta velocidade uma caminhonete de uso da Câmara de Vereadores de Parauapebas.

Embora a defesa do vereador negue as acusações, a juíza Adriana Karla Diniz Gomes da Costa entendeu que  ‘resta claro que há, neste feito, elementos mínimos de convicção indicando que o denunciado, além de haver, em tese, ingerido bebida alcoólica, estava em alta velocidade, conforme depoimentos das testemunhas que estavam no local, circunstâncias, essas, que permitem apontar, a princípio, para o dolo eventual‘.

Veja parte final da sentença de pronúncia

 

Reportagem: Blog Sol do Carajás
Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
5
+1
1
+1
1
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário