Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Exportações em baixa e desemprego em alta na capital do minério

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As exportações de Parauapebas, em dólar, despencaram 50% de janeiro a setembro deste ano, no comparativo com o mesmo período do ano passado, revelam dados que acabam de sair do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Os reflexos dessa queda no Produto Interno Bruto (PIB) deverão ser estatisticamente drásticos daqui dois anos. O cálculo e a divulgação das riquezas totais têm carência de dois anos, isto é, o PIB parauapebense que será divulgado em dezembro deste ano, por exemplo, é referente ao ano de 2013 e não contabiliza, portanto, o que vem ocorrendo com as exportações do município em 2015.


Na prática, para além do empobrecimento teórico do município, baseado na produção de riquezas exportáveis, a população local se depara com duas realidades de “des-envolvimento”, estas mensuradas mês a mês pelo Ministério do Trabalho e Emprego: o número de empregados está crescendo três vezes mais do que a possibilidade de arranjar emprego; e a renda de quem se mantém no emprego está diminuindo, tanto por corte de vantagens na remuneração quanto por não poder acompanhar a inflação média praticada em Parauapebas, que está muito acima da do Brasil.
Todos padecem.

Reportagem: André Santos – Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também