Publicidade

Exposição “Parauapebas, te amo demais” começa quinta-feira (14) no Partage Shopping

Foto: Felipe Borges

O fotógrafo Felipe Borges apresenta no Partage Shopping, a partir desta quinta-feira (14) a exposição fotográfica “Parauapebas, te amo demais”, uma reunião de imagens que destacam o sentimento de pertencimento em meio a diversidade cultural que a cidade apresenta.

A exposição fotográfica revela uma jovem Parauapebas, rica, hospitaleira e em pleno desenvolvimento social, ambiental, cultural e econômico. Uma cidade que continua atraindo milhares de pessoas, anualmente, em busca da realização de sonhos.


Felipe quis destacar o sentimento de pessoas anônimas que transformam Parauapebas em seu lar vitalício. Um lugar impressionante, formado por uma população miscigenada que torna o município em um caldeirão cultural mas com identidade única. A exposição transmite o que há de melhor em viver em Parauapebas.

A exposição “Parauapebas, Te Amo Demais” é gratuita e estará aberta ao público até 23 de novembro no Partage Shopping.

 

Quem é Felipe Borges?

Felipe Almeida Borges ou Felipe Borges, como é mais conhecido, nasceu em 1º de dezembro de 1990, sendo natural de Jacundá, Pará. Chegou a Parauapebas aos 15 anos para terminar os estudos. Iniciou a graduação de Publicidade e Propaganda, curso que não chegou a concluir, mas lhe abriu portas para entrar no mundo da comunicação. Atualmente, Felipe cursa Gestão Pública, pela Universidade da Amazônia.

Foi trabalhando em campanhas políticas e prestando serviços como auxiliar de cinegrafista e produtor, que Felipe despertou para a fotografia, arte que se tornou a sua principal profissão.

Em 10 anos de atuação, Felipe Borges conquistou seu espaço profissional em Parauapebas por realizar trabalhos com fotografia documental, corporativa, institucional, política e sensual. Também teve participação em outros projetos fotográficos como as três edições do Cenas da Cidade, Intervenções Urbanas e realizou outras exposições internas voltadas para a fotografia urbana, que registra cenas do cotidiano e da diversidade cultural da população.

Neste novo projeto autoral, “Parauapebas, te amo demais”, Felipe reuniu alguns dos seus registros que mostram uma Parauapebas como um caldeirão cultural, uma cidade ativa e emergente, no berço do desenvolvimento urbano, social e econômico. As imagens capturadas vão destacar o amor das pessoas pela vivência, pelo trabalho, pela cultura, enfim, um amor por Parauapebas.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu