Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Festival Junino Jeca Tatu 2020 será virtual e solidário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

E vai ter Jeca Tatu este ano? Vai sim, senhor! O tradicional Festival Junino de Parauapebas será realizado de 25 a 28 deste mês e vem com novidades. Em época de pandemia, o matuto Jeca vai mergulhar no mundo virtual: o evento será 100% on-line e com o foco na solidariedade.

“Nossa prioridade é cuidar das pessoas e, por este motivo, decidimos realizar as lives solidárias. Tudo que for arrecadado será doado aos jovens que integram as agremiações juninas de Parauapebas. A comunidade poderá doar cestas básicas, produtos de higiene, álcool em gel, fraldas, entre outros”, informa o secretário municipal de Cultura (Secult), Saulo Ramos.


Será a primeira vez que as ruas de Parauapebas e a Praça de Eventos ficarão sem a alegria das quadrilhas juninas, as guloseimas e as brincadeiras típicas desta época. Mas será por uma boca causa. “Vamos sentir falta do calor das arquibancadas, mas estamos vivendo um momento delicado e temos que respeitar as medidas de prevenção. Estamos agradecidos e certos de que faremos um grande Jeca Tatu virtual, e contamos com a colaboração da comunidade”, declara Carlos Magno, o Bill, presidente da Liga das Agremiações Juninas de Parauapebas.

Os shows on-line serão transmitidos pelas redes sociais da Prefeitura de Parauapebas e contarão com a participação de casais integrantes das quadrilhas juninas. Durante as lives, serão relembrados momentos marcantes do Festival Jeca Tatu do ano passado.

Valorização dos artistas e geração de renda

O festival inova na era digital mantendo a valorização dos artistas locais e gerando renda. Afinal de contas, outra grande novidade deste ano é o incentivo que será dado aos vendedores autônomos que comercializam comidas típicas nesta época, nas barracas montadas pela prefeitura.

Saulo Ramos informa que durante as lives “vamos potencializar as vendas desses comerciantes, em parceria com um aplicativo de entrega aqui de Parauapebas, o Chefão Delivery. Além de levar alegria, o Jeca Tatu Virtual e Solidário vai continuar fomentando a economia local”. Todos os comerciantes já são devidamente cadastrados no banco de dados da Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb).

Os artesãos que todos os anos são responsáveis pela produção artística do Jeca Tatu também farão parte do projeto virtual e solidário de 2020. O cenário das lives vai contar com peças desses artistas, que poderão ser vendidas durante o evento.

 

O formato do Jeca Tatu 2020 é inédito e está gerando grande expectativa na organização. Entretanto, Saulo Ramos não descarta a possibilidade de que o festival seja realizado de forma tradicional no segundo semestre deste ano se as recomendações sanitárias assim permitirem.

Publicidade

Veja
Também