Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Floresta de Carajás recebe curso de Condutor de Trilhas e Caminhadas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio do Programa de Qualificação do Turismo (PEQTur), deu início, na última segunda-feira (6), ao curso de capacitação de Condutor de Trilhas e Caminhadas, módulo I, em comunidade da Flona de Carajás, no município de Parauapebas. A qualificação, que vai até o dia 11 de novembro, está sendo ofertada no alojamento Igarapé Bahia, pertencente à mineradora Vale.

O objetivo do curso é preparar os moradores da comunidade e interessados em trabalhar como condutores turísticos em trilhas e caminhadas, e assim, oferecer uma recepção de qualidade para os turistas e também conhecimento para os habitantes locais. A turma aberta em Parauapebas tem característica diferente das demais contempladas por cursos já realizados pela Setur em outros municípios, visto que desta vez os instrutores e alunos ficarão no alojamento da Vale em regime de tempo integral.


Nesta primeira etapa da formação, os alunos participam de palestras e aulas teóricas sobre os temas Unidades de Conservação, Gestão Ambiental, Ecoturismo, Animais Peçonhentos, Técnicas de Condução de Trilhas e Noções de Sobrevivência em Área de Selva. “O módulo II de aulas práticas está previsto para acontecer ainda este mês”, informa a gerente de Qualificação Profissional e Coordenadora do PEQTur, Flávia Lima.

Em Parauapebas, o curso de Condutor de Trilhas e Caminhadas é realizado com apoio da prefeitura local, via Secretaria Municipal de Turismo (Setur), Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), Cooperativa de Trabalho em Ecoturismo de Carajás – Cooperture Carajás e Vale.

O curso “Condutor de Trilhas e Caminhadas”, que foi criado em 2015 pela em Setur e é realizado em parceria com o Ideflor-Bio na várias Unidades de Conservação estaduais, já formou sete turmas, focando as aulas práticas nas trilhas do Parque Estadual do Utinga (PEUt), no Refúgio de Vida Silvestre (REVIS), nas Ilhas do Combu, Cotijuba e das Onças; em Soure e Salvaterra na APA Marajó, no Parque Estadual de Monte Alegre – PEMA e APA Algodoal/Maiandeua.

Inicialmente, o curso da Flona de Carajás não estava previsto para este ano, porém a Prefeitura de Parauapebas solicitou a qualificação, tomando a iniciativa de ser a patrocinadora da logística para a realização do referido curso. As localidades que tiverem interesse pela ação poderão entrar em contato com a Setur e solicitar cursos de qualificação que possam entrar no planejamento de 2018 (PEQTur: 3110-5026/3110-5062).

Reportagem: Israel Pegado, com a colaboração de Carolina Barbosa

Publicidade

Veja
Também