Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Funcionário da Vale é atingido por 7 golpes de faca em parada de ônibus no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Preferindo não ser identificado, um funcionário da mineradora Vale em Parauapebas afirmou à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar que no último sábado (24), como é de praxe, se encontrava em uma parada de ônibus na Avenida “C”, Bairro Cidade Jardim, esperando o veículo que o levaria para o trabalho, quando por volta das 4h00, dois elementos em uma motocicleta de cor preta lhe abordaram no ponto de parada de ônibus.

Segundo a vítima, os bandidos portavam arma branca (faca), e o elemento da garupa ao descer da motocicleta já foi logo desferindo um golpe com a arma em sua direção, vindo a atingi-lo no braço esquerdo e lhe causando um grande corte, logo após os dois entraram em luta corporal, em seguida o piloto também desceu do veículo ciclomotor e desferiu um golpe que atingiu o ombro esquerdo da vítima, a partir daí, começou uma intensa luta para sobreviver, ainda conforme ele, tentou tomar o objeto cortante de um dos elementos, mas após ser atingido mais cinco vezes já não tinha mais forças.


Ao ser jogado ao chão, a vítima começou a tentar se defender com os pés, e enquanto um dos criminosos tentava insistentemente lhe golpear mais algumas vezes, o outro gritava, mata, mata ele, já imaginando que esse seria seu fim, os criminosos evadiram-se do local após verem uma motocicleta se aproximando do local, mas não saíram sem antes tomar posse de todos os pertences da vítima golpeada.

O funcionário da mineradora foi socorrido momentos depois, após o homem que se aproximou na motocicleta conseguir trazer um táxi até o local, levando a vítima para o Hospital São Sebastião.

“Foram 2 minutos terríveis, pensei que morreria ali, isso é algo que não desejo que ninguém passe, tenho filhos e na hora só pensava neles. Eu simplesmente levantei as duas mãos quando fui abordado, acho que ele pensou que eu iria reagir, me atingindo assim com o primeiro golpe”, relatou a vítima, afirmando que sua esposa não quer mais que eles morem no Cidade Jardim devido à violência que impera na localidade.

Ainda de acordo com informações repassadas pela vítima, a motocicleta que se encontravam os criminosos era uma Titan de cor Preta, o piloto tinha estatura mediana, magro, trajava camiseta azul e short. Já o elemento da garupa, ela só conseguiu descrever como tendo a estatura mediana e sendo moreno.

Apesar do sufoco em que passou, a vítima está bem, mas por sorte um dos golpes não lhe atingiu o pescoço o que segundo a médica que lhe atendeu faria com que o mesmo dificilmente escapasse com vida.

Reportagem: André Santos – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também