Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Hidroponia: cultivo de plantas sem o uso de solo está gerando renda

Agricultores da APA do Igarapé Gelado, em Parauapebas, estão ampliando sua renda com o cultivo de hortaliças hidropônicas. O método de cultivo não usa o solo, as plantas recebem os nutrientes de que necessitam dissolvidos em água. O projeto conta com o apoio da Vale. A mineradora assegurou capacitação técnica, insumos, equipamentos e acompanhamento técnico.

Em dezembro de 2021, o projeto gerou renda R$ 10.500,00 para as oito famílias beneficiadas. Com a capacidade produtiva total, a iniciativa possibilita o alcance de renda bruta de R$ 28.400,00 mensal ao grupo. “O projeto veio para melhorar a vida da minha família. Trabalho de casa mesmo, gerando produtos de ótima qualidade. Tenho meus clientes fixos e conquistei minha segurança financeira”, destaca a produtora Neide Alves.

Os projetos desenvolvidos têm como objetivo potencializar a vocação produtiva de comunidades no sudeste do Pará. Além da hidroponia, cadeiras produtivas como o mel, milho, fruticultura, bovinocultura e a produção do cacau tem recebido incentivos. “Nossa meta é contribuir para que as comunidades se tornem autônomas, com capacidade de produzir, gerir seu negócios rural e obter independência financeira, além de promover qualidade de vida com a produção agropecuária, que é uma outra vocação em nossa região”, diz o gerente Executivo de Sustentabilidade da Vale, Rafael Martinez.

As comunidades do Bairro dos Minérios e Nova Esperança II, na área urbana do município, também desenvolvem projetos de hidroponia em Parauapebas, beneficiando um total de 29 de famílias.

Essas e outras informações nas áreas social, ambiental e econômica sobre a atuação da Vale no Pará podem ser acessadas no Balanço Vale+ 2021 disponível em vale.com/pa.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário