Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

INSEGURANÇA: Comerciantes de Parauapebas pedem socorro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com os índices da criminalidade em constante crescente, sendo a modalidade de arrombamento, uma delas que se destacam, principalmente, na área comercial da cidade, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), se manifestou através de ofício encaminhado ao comandante do 23º BPM – Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel José Luiz Valinoto, pedindo rondas ostensivas nas ruas e avenidas comerciais, especialmente na Rua do Comércio, no bairro Rio Verde.

O pedido da CDL recomenda que as rondas iniciem às 18h00 e se estendam por todas as noites, pois, segundo o presidente da entidade, Marksan Gomes, é neste período em que acontecem com frequência arrombamentos nas lojas. “Com o comércio em queda nas vendas fica difícil arcar com vigilância particular. É hora de termos retorno de tantos impostos que pagamos retornado em segurança”, cobra Marksan, detalhando que por aquela ser uma rua exclusivamente comercial, a noite praticamente não tem trânsito de pessoas, o que facilita as ações dos gatunos que realizam os atos criminosos livres de flagrantes.


Pelo mesmo motivo, naquela rua não tem ronda no período noturno, sendo elas concentradas para locais em que há maior presença de pessoas. “Agora esperamos o breve retorno e ver a presença da Polícia Militar no período noturno”, anseia Marksan.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também