Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vereadora solicita que faixas de pedestres em 3D sejam implantadas no município

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A pintura de todas as faixas de pedestres em 3D e a criação de política municipal de participação social foram solicitadas ao Poder Executivo pela vereadora Francisca Ciza (DEM), na sessão ordinária de terça-feira, 5 de novembro.
Por meio da Indicação n° 419/2019, a legisladora requisitou que a pintura de todas as faixas de pedestres de Parauapebas seja feita em 3D (tridimensional).

A vereadora explicou que o objetivo central das faixas tridimensionais é alertar e conscientizar os motoristas a respeito da necessidade de reduzir a velocidade dos veículos nos locais das faixas de pedestre, educar e conscientizar na relação motorista/pedestre, proporcionando mais segurança aos transeuntes, e contribuir para a redução do número de acidentes.


As pinturas em 3D fazem a projeção de duas imagens, da mesma cena, em pontos de observação ligeiramente diferentes. “A ideia deu certo na cidade de Primavera do Leste, no Mato Grosso, onde a prefeitura viu as fotos da pintura realizada por dois artistas plásticos, e contratou a dupla para transformar as faixas da cidade, melhorando o trânsito local”, revelou Francisca Ciza.

Já na Indicação nº 420/2019, a parlamentar pediu ao prefeito que encaminhe à Câmara Municipal projeto de lei instituindo política municipal de participação social e regulamentando a função de conselheiro municipal.

A sugestão da legisladora é fortalecer a política pública municipal de participação social, dando o devido amparo e apoio aos conselheiros municipais no desenvolvimento de suas atividades.

Com a regulamentação do direito dos membros de conselhos municipais, que se deslocarem de sua sede, no desempenho de suas funções, a possibilidade de percepção de diárias para custeio de despesas de alimentação, passagens e hospedagem, de acordo com as normas a serem estabelecidas na lei.

“Como órgãos deliberativos, os conselhos municipais contribuem no importante processo de descentralização das políticas sociais desenvolvidas no município, de modo que com a legislação solicitada sejam atendidos os anseios e as necessidades apresentadas no I Fórum Interconselhos do Município de Parauapebas”, concluiu a vereadora.

Ao serem colocadas para apreciação, as indicações foram aprovadas pelo plenário e serão enviadas para análise financeira e possível execução pela administração municipal.

Publicidade

Veja
Também