Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Mulher chega de viagem e mata o marido com facada em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma discussão entre casal terminou da pior maneira possível. Jéssica Teixeira Pereira matou o próprio marido, Otiniel Cunha Barata, o “Nico do Açaí”, de 32 anos. O crime foi registrado na noite desta segunda-feira (3), por volta das 19h00 na casa onde o casal residia e funcionava um ponto de venda de açaí comercializado por Nico, localizada na Rua Rui Barbosa, Bairro Guanabara, em Parauapebas.

A reportagem conversou com Marcio do Nascimento, primo da vítima. Ele informou que esteve na companhia do primo na tarde desta segunda-feira, quando tomou umas cervejas na companhia de Otiniel Cunha e alguns amigos. “Acho que bebemos umas três cervejas, enquanto ele esperava chegar a hora de buscar a esposa no terminal rodoviário de Parauapebas. Ela estava vindo de Mojú (PA) com a filhinha deles e algumas bagagens”, revelou Marcio.


O primo ainda contou à nossa equipe de reportagem que era por volta das 19 horas quando Nico do Açaí e um amigo foram de carro buscar Jéssica e a criança. Quando chegaram em casa, Nico e a esposa tiveram uma discussão áspera, talvez por conta dela não ter gostado da bebedeira do marido. “Ela chegou e não falou com ninguém, percebi o jeito dela e fiquei esperando aqui na frente, quando em determinado momento percebi que a discussão estava pesada. Fui lá dentro e já observei ela com uma faca de açougueiro na mão. Eu pedi para ela ter calma, mas meu primo disse: “relaxa primo, já-já vou lá com vocês”. A discussão continuou, quando ela gritou: “socorro, socorro! Por favor, me ajuda, matei meu marido, matei meu marido, me ajuda”.

O primo da vítima disse que foi ao encontro de Nico do Açaí e percebeu que ele tinha sido ferido na altura do peito. Enquanto buscava socorro dos vizinhos, Marcio observou que a mulher saia do local do crime, junto com a criança, na garupa de um mototaxista. “Um vizinho acionou um amigo dele que estava de carro e conseguimos colocar meu primo dentro do veículo e levar até o Hospital Municipal de Parauapebas”.

O golpe desferido por Jéssica no próprio marido perfurou o pulmão e a também o coração. Mesmo sendo socorrido pela equipe médica com vida, Nico do Açaí não resistiu ao ferimento e faleceu na madrugada desta terça-feira (4).

Foto da vítima ainda em vida

 

A polícia está à procura de Jéssica para colher o depoimento e saber o motivo dela ter assassinado o próprio esposo. Nico do Açaí, que também é de Mojú (PA), deixa uma filha de apenas dois anos de idade.

Publicidade

Veja
Também