Detran publica resultado final do Programa CNH Pai D’Égua

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Departamento de Trânsito do Estado(Detran) publicou nesta sexta-feira (15) o resultado final dos candidatos selecionados pelo Programa Social CNH Pai D’égua. A seleção levou em consideração os critérios de participação e o preenchimento correto do formulário de inscrição. Ao todo, 10 mil candidatos estão aptos ao programa.

Os candidatos inscritos poderão acessar o site do Detran (www.detran.pa.gov.br), na aba Programa CNH Pai D’égua, e conferir o resultado final. Nesta sexta (15) estará disponível a consulta individual e na próxima segunda-feira (18) poderá ser consultada a lista geral com todos os selecionados.


O processo de matrícula inicia no dia 18 e segue até 17 de dezembro, somente de forma presencial. O Detran ressalta que o candidato deve atentar para a sua data de matrícula, que está devidamente informada na consulta individual e também no listão.

Para fazer a matrícula, o candidato do interior deve comparecer à sede das Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito), Unidades de Atendimento ou Estação Cidadania. Já os candidatos selecionados na Região Metropolitana devem efetivar a matrícula somente na sede do Detran, em Belém, exceto os de Santa Izabel, que devem se dirigir à Ciretran do município.

Segundo o Detran, além de observar a data individual da matrícula, o candidato também deve apresentar todos os documentos exigidos no edital, entre eles Carteira de Identidade ou equivalente para Primeira Habilitação, ou Carteira Nacional de Habilitação válida, nos casos de mudança e adição de categoria; CPF; comprovante de residência com postagem ou vencimento de no máximo de 90 (noventa) dias; certificado ou declaração de escolaridade, emitido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) ou equivalente em outra Unidade Federativa.

Criado pelo Governo do Estado, o CNH Pai D’égua beneficia pessoas de baixa renda a partir de 18 anos com o objetivo de formar, qualificar e habilitar de forma gratuita. “O Programa vai garantir que os beneficiários possam fazer autoescola totalmente gratuita para que a CNH possa ser um instrumento de geração de renda e inclusão social”, explica o diretor-geral do Detran, Marcelo Guedes.

veja também