Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Operadores de equipamentos participam de capacitação para transporte autônomo de caminhões

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Capacitação envolve formação teórica e simuladores

Foi iniciada a capacitação dos operadores de equipamentos da Vale que irão interagir com os dois primeiros caminhões autônomos em teste na mina de Carajás. As três primeiras turmas foram realizadas no Centro de Treinamento de Transporte Autônomo, único no mundo implantado em Parauapebas pela empresa que desenvolveu a tecnologia, a Komatsu, para capacitação das equipes.

Julivan dos Santos tem 42 anos e é operador de equipamento de terraplanagem, uma das máquinas que terá interação com os caminhões. Ele conta que participar do curso foi como voltar a aprender o abecedário na escola. “Apesar de ter 12 anos na mineração, a mina autônoma é como se você tivesse aprendendo todo alfabeto novamente, tudo é novidade e interação com tecnologia”.


Ele e mais outros 23 operadores de equipamentos convencionais foram treinados. “A expectativa, a partir dos treinamentos é de que a interação dos caminhões autônomos, a proximidade e manobra é toda controlada pela gente. Numa questão de tempo, iremos dominar completamente essa tecnologia”, diz ele se sentindo desafiado.

Participaram dessas turmas, operadores de equipamentos como trator de esteira, motoniveladora e pá carregadeira. Durante 80h de capacitação, receberam formação teórica e por meio de simuladores, que reproduzem possíveis situações reais em campo. Na segunda etapa de capacitação, eles seguem para a prática assistida na área de testes da operação autônoma. Os treinamentos irão continuar ao longo de toda implantação do projeto.

Operadores de equipamentos da Vale participam de treinamento sobre transporte autônomo

 

“É muito importante essa capacitação dos operadores que já atuavam na área, faz parte do cronograma de implantação, eles são profissionais com extrema experiência tanto na mina quanto nas operações da mineração e isso torna a tarefa muito mais fácil e muito mais inclusiva”, destaca o instrutor da Komatsu, Vinicius Sousa.

Publicidade

Veja
Também