Parauapebas está entre as 100 melhores cidades do Brasil para investir em imóveis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O estudo, desenvolvido pela consultoria Prospecta Inteligência Imobiliária e divulgado recentemente, traz um novo conceito de análise do mercado de imóveis ao se debruçar sobre a demanda de cada região estudada, em vez de se concentrar na oferta.

“O mercado sempre observa o preço do metro quadrado, que reflete os valores de imóveis já vendidos. Mas, o que garante que uma cidade valorizada terá demanda para absorver novos produtos? A oferta já aconteceu. Para ver o que está por vir é preciso analisar a demanda, que define o que será comprado, quando e como”, afirma Cristiano Rabelo, diretor de Novos Negócios da Prospecta.


O indicador P2i-Lead também se diferencia pelo tamanho de sua amostra: foram analisadas todas as cidades do país com menos de 1 milhão de habitantes, ou 94% dos municípios brasileiros.

Em comum, as 100 cidades com maior nota no P2i-Lead possuem características como renda per capita elevada, população com alto nível de instrução e de vínculo empregatício, um número considerável de empresas atuantes, déficit imobiliário elevado, entre outros. “O objetivo é mostrar se quem está na ponta da cadeia tem condições de adquirir produtos imobiliários”, diz Rabelo.

Nem tudo são “flores”

De acordo com Andé Santos, ” a pesquisa é quente, mas é preciso analisar a situação de Parauapebas com frieza, cautela e preocupação. A “Capital do Minério” está na 70ª colocação entre as 100 cidades listadas, mas em pesquisa anterior – não referenciada no estudo atual – chegou a figurar em 6º lugar, em 2010, no auge da “colonização” imobiliária.

A posição de agora (os dados, em verdade, refletem o panorama de 2013), apesar de parecer gloriosa, mostra a perda de fôlego do município no ramo imobiliário diante da especulação e do alto número de imóveis desocupados (para locação e à venda) em contraponto à elevada taxa de déficit habitacional.

Enquanto o site OLX mostra que Parauapebas é, disparado, o município do interior do Pará com mais terrenos e imóveis vagos e à venda, com a mais baixa procura, o déficit habitacional local, entre os 100 municípios listados pela Exame, é estratosfericamente o maior: 47,8%. Isso demonstra o grau de falência social a que Parauapebas está exposto: poucos vendendo muitos imóveis; mas quase metade da população sem casa própria”.

Veja, nas fotos, a lista das 100 melhores cidades brasileiras para investir em imóveis. Abaixo de cada imagem foi destacado o potencial para investimentos de alto, médio e baixo padrão; a pontuação no indicador; e o déficit da região (percentual de domicílios alugados ou cedidos)

 

1º lugar: São Bernardo do Campo (SP)

2/102Raquel Toth / PMSBC
Vista aérea de São Bernardo do Campo

Vista aérea de São Bernardo do Campo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,820
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,83%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

2º lugar: Campo Grande (MS)

3/102Elias Francioni/Flickr/Creative Commons
Avenida Afonso Penna, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Centro comercial da cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,767
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,24%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

3º lugar: Santo André (SP)

4/102Wikimedia Commons/rvcroffi
Vista aérea de Santo André, município de São Paulo

Vista aérea de Santo André, município de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,767
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,71%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

4º lugar: Osasco (SP)

5/102Chadner/ Wikimedia Commons
Vista aérea de Osasco

Vista aérea de Osasco

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,746
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,82%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

5º lugar: Natal (RN)

6/102Camilla Veras Mota/Viagem e Turismo
Vista aérea da Praia de Ponta Negra com o Venezia Flat em primeiro plano e o Morro do Careca ao fundo, na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte

Vista aérea da Praia de Ponta Negra com o Venezia Flat em primeiro plano e o Morro do Careca ao fundo, na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,739
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 34,18%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

6º lugar: Ribeirão Preto (SP)

7/102Wikipedia
Vista da cidade de Ribeirão Preto, São Paulo

Vista aérea da cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,733
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,81%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

7º lugar: São José dos Campos (SP)

8/102Wikimedia Commons/kenji munekata
Vista panorâmica noturna de São José dos Campos, São Paulo, Brasil.

Vista panorâmica noturna de São José dos Campos, São Paulo, Brasil.

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,731
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,07%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

8º lugar: Maceió (AL)

9/102Divulgação / Christian Knepper
Cidade de Maceió, capital de Alagoas

Vista aérea de Maceió, capital de Alagoas

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,721
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,82%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

9º lugar: Niterói (RJ)

10/102Wikimedia Commons/Phx
Vista da cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, com o Museu de Arte Contemporânea (MAC), projetado por Oscar Niemeyer, em primeiro plano

Vista da cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, com o Museu de Arte Contemporânea (MAC), projetado por Oscar Niemeyer, em primeiro plano

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,716
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,91%
Quantidade média de salários mínimos da população 10

10º lugar: João Pessoa (PB)

11/102Divulgação / Cacio Murilo
Bairro Manaíra, em João Pessoa, Paraíba

Bairro Manaíra, em João Pessoa, Paraíba

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,701
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,30%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

11º lugar: Florianópolis (SC)

12/102Embratur/Fotos Públicas
Vista aérea de Florianópolis, Santa Catarina

Vista aérea de Florianópolis, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,700
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,02%
Quantidade média de salários mínimos da população 8

12º lugar: Sorocaba (SP)

13/102Wikimedia Commons
Vista áerea parcial da cidade de Sorocaba-SP

Vista aérea parcial da cidade de Sorocaba, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,691
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,70%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

13º lugar: Teresina (PI)

14/102Thompson Sá/ Flickr/ Creative Commons
Teresina, no

Vista aérea de Teresina, no Piauí

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,691
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 20,93%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

14º lugar: Uberlândia (MG)

15/102Wikimedia Commons
Uberlândia (MG)

Imóveis na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,691
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 39,44%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

15º lugar: Santos (SP)

16/102Creative Commons/Flickr/Diego Torres Silvestre
Panorâmica de Santos (SP)

Vista aérea da orla de Santos, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,684
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,03%
Quantidade média de salários mínimos da população 9

16º lugar: Vitória (ES)

17/102Carlos Antolini/Prefeitura de Vitória
Vitória (ES)

Vista da orla de Vitória, no Espírito Santo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,671
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,75%
Quantidade média de salários mínimos da população 11

17º lugar: Contagem (MG)

18/102Wikimedia Commons
Contagem (MG)

Cidade de Contagem, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,663
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,58%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

18º lugar: Londrina (PR)

19/102Divulgação/Prefeitura de Londrina
Vista do Lago Igapó, em Londrina (PR)

Vista do Lago Igapó, em Londrina (PR)

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,656
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 35,51%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

19º lugar: Aracaju (SE)

20/102Aracaju/Flickr
Viaduto do Bairro Industrial, em Aracaju (SE)

Viaduto do Bairro Industrial, em Aracaju (SE)

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,654
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,62%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

20º lugar: Joinville (SC)

21/102RICARDO RIBAS/GUIA QUATRO RODAS
Joinville (SC)

Vista de imóveis na cidade de Joinville, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,651
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 24,20%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

21º lugar: Cuiabá (MT)

22/102Divulgação/ Embratur
Cuiabá, Mato Grosso

Vista aérea de Cuiabá, no Mato Grosso

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,644
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,86%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

22º lugar: Vila Velha (ES)

23/102VALTER MONTEIRO/VEJA
Vila Velha, no Espírito Santo

Vista aérea de Vila Velha, no Espírito Santo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,640
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,55%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

23º lugar: Maringá (PR)

24/102VALDIR CARNIEL/EXAME
Vista aérea da cidade de Maringá.

Vista aérea da cidade de Maringá.

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,639
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 41,96%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

24º lugar: Duque de Caxias (RJ)

25/102Flickr/ Filipo Tardim
Centro de Duque de Caxias (RJ)

Centro da cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,637
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 23,57%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

25º lugar: Juiz de Fora (MG)

26/102Wikimedia Commons
Juiz de Fora (MG)

Vista aérea da cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,637
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,60%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

26º lugar: Jundiaí (SP)

27/102Alexandre Battibugli/EXAME.com
Jundiaí, em São Paulo

Imóveis na cidade de Jundiaí, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,627
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 34,97%
Quantidade média de salários mínimos da população 8

27º lugar: Caxias do Sul (RS)

28/102Luiz Chaves/Divulgação/Prefeitura
Caxias do Sul (RS)

Cidade de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,616
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,00%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

28º lugar: São José do Rio Preto (SP)

29/102Paulo Magri / SMCS/Portal Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto
Paulo Magri / SMCS/Portal Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto

Cidade de São José do Rio Preto, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,611
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 35,56%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

29º lugar: Aparecida de Goiânia (GO)

30/102Divulgação/ Valdir Antunes / Secom Aparecida
29º lugar: Aparecida de Goiânia (GO)

Vista aérea da Avenida Rio Verde, que divide o município de Aparecida de Goiânia com a capital de Goiás

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,603
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,23%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

30º lugar: Jaboatão dos Guararapes (PE)

31/102Wikimedia Commons
Jaboatão dos Guararapes (PE)

Vista da orla de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,594
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 24,93%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

31º lugar: Diadema (SP)

32/102Creative Commons
Centro de Diadema

Centro da cidade de Diadema, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,591
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,40%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

32º lugar: Barueri (SP)

33/102GERMANO LUDERS
Vista aérea de Alphaville, em Barueri, SP

Vista aérea de Alphaville, em Barueri, São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,581
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 41,31%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

33º lugar: Betim (MG)

34/102Divulgação/Facebook/Anselmo/UBL/Prefeitura de Betim
33º lugar: Betim (MG)

Vista aérea da cidade de Betim, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,577
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,17%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

34º lugar: Nova Iguaçu (RJ)

35/102Gerson Tavares/Flickr
Serra de Madureira (Nova Iguaçu - Estado do Rio de Janeiro - Brasil)

Cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,577
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 20,67%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

35º lugar: Serra (ES)

36/102Divulgação/Prefeitura de Serra
Vista da cidade de Serra (ES)

Vista da cidade de Serra (ES)

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,576
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,99%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

36º lugar: São Caetano do Sul (SP)

37/102Alexandre Giesbrecht/Creative Commons
São Caetano do Sul, em São Paulo

Vista da cidade de São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,574
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,95%
Quantidade média de salários mínimos da população 11

37º lugar: Piracicaba (SP)

38/102Wikimedia Commons
Cidade de Piracicaba

Vista aérea da cidade de Piracicaba, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,563
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,33%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

38º lugar: Blumenau (SC)

39/102Eraldo Schnaider/Prefeitura de Blumenau
Blumenau (SC)

Vista aérea da cidade de Blumenau, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,559
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 26,39%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

39º lugar: Mauá (SP)

40/102Divulgação/ Evandro Oliveira/ Secom Mauá
39º lugar: Mauá (SP)

Vista aérea da cidade de Mauá, na região metropolitana de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,559
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 35,57%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

40º lugar: Palmas (TO)

41/102CLAUDIO ROSSI/VOCÊ S.A.
Palmas (TO)

Vista aérea da cidade de Palmas, no Tocantins

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,557
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 44,39%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

41º lugar: Porto Velho (RO)

42/102Wilson Dias/Abr
41º lugar: Porto Velho (RO)

Vista aérea da cidade de Porto Velho, em Rondônia

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,557
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,36%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

42º lugar: São João de Meriti (RJ)

43/102Wikimedia Commons
Bairro de Vila Tiradentes, localizado no município de São João de Meriti (Rio de Janeiro)

Bairro de Vila Tiradentes, localizado no município de São João de Meriti, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,557
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,62%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

43º lugar: Campos dos Goytacazes (RJ)

44/102.
Campos dos Goytacazes: cidades de médio porte são o alvo principal da empresa

Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,551
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 24,55%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

44º lugar: Feira de Santana (BA)

45/102Carol Garcia/ GovBa
Área comercial de Feira de Santana (BA)

Área comercial de Feira de Santana (BA)

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,549
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 21,09%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

45º lugar: Ananindeua (PA)

46/102Hallel/Wikimedia Commons
Ananindeua (PA)

Rodovia no município de Ananindeua, no Pará

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,540
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 18,14%
Quantidade média de salários mínimos da população 3

46º lugar: Bauru (SP)

47/102Wikimedia Commons
A cidade de Bauru, em São Paulo

Vista aérea da cidade de Bauru, no estado de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,540
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,16%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

47º lugar: Mogi das Cruzes (SP)

48/102Wikimedia Commons
49. Mogi das Cruzes (SP)

Vista da cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,540
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,19%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

48º lugar: Carapicuíba (SP)

49/102Victor de Andrade Lopes/Wikimedia Commons
48º lugar: Carapicuíba (SP)

Vista da cidade de Carapicuíba, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,537
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,95%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

49º lugar: Anápolis (GO)

50/102Prefeitura de Anápolis/Divulgação
Cidade de Anápolis, Goiás

Vista aérea da cidade de Anápolis, em Goiás

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,536
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,54%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

50º lugar: São José (SC)

51/102Madrerosa/Wikimedia Commons
50º lugar: São José (SC)

Vista aérea de São José, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,536
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 25,79%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

51º lugar: Taboão da Serra (SP)

52/102Reginaldomaia/Wikipedia Commons
51º lugar: Taboão da Serra (SP)

Vista da cidade de Taboão da Serra, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,536
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,63%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

52º lugar: Uberaba (MG)

53/102Roger Randerson/Wikimedia Commons
52º lugar: Uberaba (MG)

Vista da cidade de Uberaba, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,536
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 35,33%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

53º lugar: Cascavel (PR)

54/102Divulgação/ Vanderlei Faria/ Secom
53º lugar: Cascavel (PR)

Vista da cidade de Cascavel, no Paraná

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,534
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 37,19%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

54º lugar: Americana (SP)

55/102Divulgação/Facebook/Prefeitura de Americana
54º lugar: Americana (SP)

Vista aérea da cidade de Americana, no interior do estado de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,531
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,00%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

55º lugar: Canoas (RS)

56/102Divulgação/Prefeitura de Canoas
55º lugar: Canoas (RS)

Vista aérea da cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,530
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 25,59%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

56º lugar: Macapá (AP)

57/102Antonio Milena/Veja
56º lugar: Macapá (AP)

Fortaleza de São José de Macapá às margens do Rio Amazonas, no Amapá

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,530
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 21,09%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

57º lugar: Olinda (PE)

58/102Prefeitura de Olinda/Wikimedia Commons
57º lugar: Olinda (PE)

Vista da cidade de Olinda, em Pernambuco

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,529
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 25,49%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

58º lugar: Taubaté (SP)

59/102Lucas H. R. Ataide/Wikimedia Commons
58º lugar: Taubaté (SP)

Panorama da cidade de Taubaté, no interior de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,527
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 34,24%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

59º lugar: Montes Claros (MG)

60/102Divulgação/Fabio Marçal/ Prefeitura de Montes Claros
Montes Claros (MG)

Vista aérea da cidade de Montes Claros, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,523
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,07%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

60º lugar: Indaiatuba (SP)

61/102Fabio Mincarelli Monfrin/Wikimedia Commons
60º lugar: Indaiatuba (SP)

Vista noturna da cidade de Indaiatuba, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I ? Lead) 0,521
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 39,65%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

61º lugar: Praia Grande (SP)

62/102Alexandra Giulietti/Divulgação/Prefeitura de Praia Grande
61º lugar: Praia Grande (SP)

Vista da orla de Praia Grande, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,521
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,75%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

62º lugar: São Vicente (SP)

63/102Wikimedia Commons/Fabio Luiz
São Vicente (SP)

Vista da orla de São Vicente, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,521
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,13%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

63º lugar: São José dos Pinhais (PR)

64/102Divulgação/Acervo da Secretaria Municipal de Comunicação Social – SJP
63º lugar: São José dos Pinhais (PR)

Centro comercial da cidade de São José dos Pinhais, no Paraná

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,517
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 26,12%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

64º lugar: Macaé (RJ)

65/102Gladstone/Wikimedia Commons
64º lugar: Macaé (RJ)

Vista da cidade de Macaé, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,516
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,62%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

65º lugar: Itajaí (SC)

66/102emarquetti/Wikimedia Commons
65º lugar: Itajaí (SC)

Vista da cidade de Itajaí, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,514
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,38%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

66º lugar: Parnamirim (RN)

67/102Rodolfo Lucena/ Wikimedia Commons
66º lugar: Parnamirim (RN)

Vista de imóveis na cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,514
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,83%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

67º lugar: São Carlos (SP)

68/102Divulgação/Facebook/Prefeitura de São Carlos
67º lugar: São Carlos (SP)

Imóveis na cidade de São Carlos, no estado de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,514
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,53%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

68º lugar: Ponta Grossa (PR)

69/102Wikimedia Commons
Biblioteca Municipal de Ponta Grossa (PR)

Cidade de Ponta Grossa, no Paraná

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,513
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 24,84%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

69º lugar: Araraquara (SP)

70/102Wikimedia Commons
Araraquara

Vista da cidade de Araraquara, no interior de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,509
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 29,26%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

70º lugar: Parauapebas (PA)

71/102Divulgação/Facebook Prefeitura de Parauapebas
70º lugar: Parauapebas (PA)

Vista aérea da cidade de Parauapebas, no Pará

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,509
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 47,80%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

71º lugar: Camaçari (BA)

72/102Alex Rodrigues
Praia de Camaçari

Praia de Camaçari, na Bahia

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,506
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 26,04%
Quantidade média de salários mínimos da população 3

72º lugar: Franca (SP)

73/102Humanoo/ Wikimedia Commons
72º lugar: Franca (SP)

Vista da cidade de Franca, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,506
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 35,23%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

73º lugar: Ipatinga (MG)

74/102HVL/ Wikimedia Commons
73º lugar: Ipatinga (MG)

Vista aérea da cidade de Ipatinga, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,506
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 40,49%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

74º lugar: Itaquaquecetuba (SP)

75/102Divulgação/Prefeitura de Itaquaquecetuba
74º lugar: Itaquaquecetuba (SP)

Imóveis no bairro Riacho Grande, na cidade de Itaquaquecetuba, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,504
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Péssimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 22,72%
Quantidade média de salários mínimos da população 3

75º lugar: Santana do Parnaíba

76/102Laura Prado/Flickr
Vista de Santana do Paranaíba (SP)
Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,504
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 26,53%
Quantidade média de salários mínimos da população 12

76º lugar: Sumaré (SP)

77/102Rafael Laurindo dos Santos/ Wikimedia Commons
76º lugar: Sumaré (SP)

Rua do município de Sumaré, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,504
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,67%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

77º lugar: Marília (SP)

78/102Filipe Mesquita de Oliveira/Wikimedia Commons
Marília, em São Paulo

Cidade de Marília, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,503
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,44%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

78º lugar: Presidente Prudente (SP)

79/102Zekialves/ Wikimedia Commons
78º lugar: Presidente Prudente (SP)

Praça de Presidente Prudente, no interior de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,503
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 33,54%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

79º lugar: Santa Maria (RS)

80/102Clube Trekking Santa Maria RS Brasil/ Wikimedia Commons
79º lugar: Santa Maria (RS)

Vista da cidade de Santa Maria, em Rio Grande do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,501
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,17%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

80º lugar: Balneário Camboriú (SC)

81/102Andréia Bohner/ Wikimedia Commons
80º lugar: Balneário Camboriú (SC)

Vista da orla de Balneário Camboriú, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,500
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 40,40%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

81º lugar: Belford Roxo (RJ)

82/102Divulgação/ Ronaldo Bapt/ PMBR
81º lugar: Belford Roxo (RJ)

Vista da cidade de Belford Roxo, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,500
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ruim
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 18,34%
Quantidade média de salários mínimos da população 3

82º lugar: Cotia (SP)

83/102Thiolliveira/ Wikimedia Commons
82º lugar: Cotia (SP)

Cidade de Cotia, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,500
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,87%
Quantidade média de salários mínimos da população 7

83º lugar: Limeira (SP)

84/102FSogumo/Wikimedia Commons
83º lugar: Limeira (SP)

Vista do centro da cidade de Limeira, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,499
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,15%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

84º lugar: Cariacica (ES)

85/102Claudio Postay/ Divulgação/ Prefeitura de Cariacica
84º lugar: Cariacica (ES)

Vista aérea da cidade de Cariacica, no Espírito Santo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 22,40%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

85º lugar: Paulista (PE)

86/102Divulgação/ Francisco Marques/ Prefeitura do Paulista
85º lugar: Paulista (PE)

Vista aérea da cidade do Paulista, em Pernambuco

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Regular
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 22,80%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

86º lugar: Petrópolis (RJ)

87/102Divulgação/ Evaldo Camara/ Prefeitura de Petrópolis
86º lugar: Petrópolis (RJ)

Vista da cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,49%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

87º lugar: Ribeirão das Neves (MG)

88/102Divulgação/Prefeitura de Ribeirão das Neves
87º lugar: Ribeirão das Neves (MG)

Igreja da cidade de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Péssimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 22,67%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

88º lugar: Suzano (SP)

89/102Fernando Araújo/ Divulgação/ Prefeitura de Suzano
88º lugar: Suzano (SP)

Vista aérea da cidade de Suzano, na região metropolitana de São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,91%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

89º lugar: Valinhos (SP)

90/102Divulgação/Prefeitura
Valinhos, em São Paulo

Vista da cidade de Valinhos, em São Paulo

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,43%
Quantidade média de salários mínimos da população 9

90º lugar: Volta Redonda (RJ)

91/102Divulgação/ PMVR
90º lugar: Volta Redonda (RJ)

Vista aérea de Volta Redonda, no Rio de Janeiro

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,497
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 25,69%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

91º lugar: Campina Grande (PB)

92/102Bruno Coutinho Araújo/Wikimedia Commons
91º lugar: Campina Grande (PB)

Vista da cidade de Campina Grande, no Paraíba

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,493
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 32,73%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

92º lugar: Chapecó (SC)

93/102Ddcostella/Wikimedia Commons
92º lugar: Chapecó (SC)

Vista do centro da cidade de Chapecó, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,490
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 31,47%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

93º lugar: Criciúma (SC)

94/102Drlutz/Wikimedia Commons
93º lugar: Criciúma (SC)

Vista da cidade de Criciúma, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,490
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 21,23%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

94º lugar: Foz do Iguaçú (PR)

95/102Divulgação/Prefeitura de Foz do Iguaçú
94º lugar: Foz do Iguaçú (PR)

Vista aérea da cidade de Foz do Iguaçú, no Paraná

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,489
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 36,01%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

95º lugar: Jaraguá do Sul (SC)

96/102Giro720/Wikimedia Commons
95º lugar: Jaraguá do Sul (SC)

Vista aérea da cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,489
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 28,03%
Quantidade média de salários mínimos da população 6

96º lugar: Guarujá (SP)

97/102Priscila Zambotto/Viagem e Turismo
96º lugar: Guarujá (SP)

Praia da Enseada, no Guarujá, litoral paulista

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,487
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 30,73%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

97º lugar: Novo Hamburgo (RS)

98/102Loco085/Wikimedia Commons
97º lugar: Novo Hamburgo (RS)

Vista noturna da cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,487
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 23,56%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

98º lugar: Pelotas (RS)

99/102Roger Amaral Scheridon de Moraes/Wikimedia Commons
98º lugar: Pelotas (RS)

Vista do centro da cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,486
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 23,04%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

99º lugar: Sete Lagoas (MG)

100/102Saragomes27/Wikimedia Commons
99º lugar: Sete Lagoas

Cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,486
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 27,96%
Quantidade média de salários mínimos da população 5

100º lugar: Governador Valadares (MG)

101/102Picasa Web/Wikimedia Commons
100º lugar: Governador Valadares - MG

Vista aérea da cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais

Pontuação no ranking (P2I – Lead) 0,483
Potencial para investir em imóveis de alto padrão Bom
Potencial para investir em imóveis médio padrão Ótimo
Potencial para investir em imóveis baixo padrão Ótimo
Déficit habitacional 40,33%
Quantidade média de salários mínimos da população 4

Agora veja quais tipos de imóveis você pode adquirir por R$ 500 mil no país

102/102Celso Pupo rodrigues/Thinkstock
Copacabana, no Rio de Janeiro

Copacabana, no Rio de Janeiro

Reportagem: Exame.com

Publicidade

veja também