PARAUAPEBAS: Pistoleiros invadem casa e matam homem de 57 anos enquanto ele dormia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Osvaldo Crispim Correia Filho, de 57 anos de idade foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (19) no interior de sua residência, localizada na Rua G-13, Bairro Tropical, em Parauapebas.

De acordo com informações de moradores vizinhos da vítima, era por volta de 00h00 quando escutaram barulho de vidro quebrando, e em seguida, cerca de cinco estampidos de tiros, porém como o local é escuro, com medo, nenhum dos moradores quiseram arriscar em ver o que estava acontecendo, entretanto, pela manhã, observaram que a porta de vidro de Osvaldo Crispim havia sido quebrada.


Ao averiguar e entrar no quarto da frente onde Crispim dormia, um dos vizinhos percebeu que o mesmo estava morto, todo ensanguentado. Levantamentos preliminares realizados por um perito do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, indicam que a vítima foi assassinada com dois tiros no peito e outro na cabeça.

A polícia suspeita que Osvaldo Crispim Correa estava em um pesado sono e não escutou quando os assassinos quebraram a porta de vidro com uma pedra e em seguida o executaram na cama. Ainda segundo os investigadores, Osvaldo era um conhecido traficante e colecionava várias passagens pela Justiça.

Após os levantamentos de praxe realizados pelo perito e também pela Polícia Civil, o corpo de Osvaldo Crispim foi removido pelos técnicos do Instituto Médico Legal (IML), onde será necropsiado no Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves em Parauapebas.

Pela frieza dos assassinos, a polícia acredita que os dois homicídios ocorridos na madrugada naquele mesmo bairro tenham sido praticados pela mesma dupla de moto, uma vez que meia hora depois, o jovem Wesley Sales foi executado dentro de casa na frente da família de seu irmão, como foi noticiado AQUI no Portal Pebinha de Açúcar.

 

veja também