Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas registra redução de 32% nos casos de dengue

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Em 2014 não tivemos nenhum óbito por dengue. A redução no número de casos reflete o trabalho da equipe desenvolvido durante todo o ano”, destaca Marcelo Monteiro.

Em 2013 foram 757 casos confirmados. Já em 2014 o número caiu para 510. Essa diminuição mostra maior eficiência no trabalho de combate ao mosquito Aedes Aegypti, o mesmo mosquito transmissor da febre chikungunya. “O mosquito transmite as duas doenças e as ações de prevenção também são as mesmas. A população precisa ficar em alerta, principalmente neste período de chuva”, lembra o diretor.


Para que o município possa reduzir ainda mais os casos de Dengue em 2015, a Semsa está intensificando as ações com mutirões nos locais com maior incidência do mosquito, que, de acordo com o relatório do Departamento de Vigilância em Saúde, são: Bairros Altamira, Casas Populares II, Liberdade I e II, Betânia. Além dos mutirões realizados aos sábados, durante a semana o serviço é intensificado com o fumacê e visita dos agentes de endemias nas residências.

A população também precisa tomar alguns cuidados básicos, conforme as recomendações dos Agentes de Endemias: o lixo deve ser colocado em sacos plásticos e as lixeiras devem ser bem fechadas, além de não serem deixados em terrenos baldios. Para evitar acúmulo de água, potes, copos, garrafas vazias e pneus não devem ser deixados expostos a céu aberto. Quanto aos cuidados com as plantas, a recomendação é encher de areia o prato que cerca o vaso. A limpeza da caixa d’água deve ser realizada a cada seis meses.

Reportagem: Liliane Diniz
Fotos: Irisvelton Silva

Publicidade

Veja
Também