Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas sediará Brasileirão de Karatê em maio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As aulas e treinos já iniciaram na Associação Girão de Karatê, onde diversos atletas treinam para disputar a primeira fase do Campeonato Brasileirão Karatê Esportivo; ato que se dará no Ginásio Poliesportivo, de 16 a 19 de maio em Parauapebas.

O evento faz parte do calendário da Federação Paraense de Karatê Interestilos (FEPAKI), que, este ano, escolheu Parauapebas para sediar o evento. Esta será a primeira vez que o município sedia um evento desta magnitude quando reunirá atletas de 25 estados brasileiros. “A Associação Girão se antecipou na volta das férias e está treinando forte nos quatro polos para preparar os 120 atletas que participarão do campeonato”, explica Josberto Girão, detalhando que o preparo é, além de físico, emocional.


O campeonato abrirá espaço para 16 categorias, podendo participar atletas de 4 a 60 anos; sendo, crianças a partir de quatro anos de idade (faixa branca) até a categoria master (acima de 47 anos), para variadas graduações, divididas por idades e peso.

O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), que, através de convênio possibilita os custeios de despesas com os atletas e estruturas do evento.

De acordo com Girão, o karatê é um esporte de rendimento já sendo uma modalidade olímpica, motivo que se faz, segundo ele, levar mais a sério os treinos para que se possa ter, em um futuro próximo, um atleta nas olimpíadas representando o Pará e Parauapebas. “Este é um sonho ainda distante, mas, precisamos acreditar e contar com a força dos patrocinadores que apoiam esse projeto que tem resgatado adolescentes e jovens que viviam em situação de vulnerabilidade social que não teriam condições de pagar uma mensalidade regular”, planeja Girão, contando que com o apoio da prefeitura e patrocinadores tem se tornado possível atender estas pessoas de forma gratuita.

Além de serem inseridos no esporte, os beneficiados no projeto da Associação Girão de Karatê, evitam estar próximo de bebidas alcoólicas e outras drogas.

Quem quiser aderir a esta modalidade que tem grande crescimento no Brasil, deve procurar uma das cinco associações existentes em Parauapebas, todas filiadas à FEPAKI. “É muito simples. Se estiver em idade escolar precisa estar matriculado e frequentando as aulas; preencher uma ficha na associação escolhida, passar por avaliação física e começar os treinos”, simplifica Girão.

Mas, não é apenas de karatê que se faz a Associação Girão, lá também foi inserido curso de inglês, com o objetivo de auxiliar tanto a comunidade quanto os atletas que competem em outros países, enfrentando a dificuldade do idioma.

Publicidade

Veja
Também