Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

PM prende quarteto e descobre dupla que roubou R$ 20 mil no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Além da dupla composta por um maior e um menor de idade, já reconhecida na delegacia por suas vítimas no início da noite da última quinta-feira (21), a polícia também apresentou duas mulheres, uma delas adolescente de 15 anos. Do quarteto apresentado na delegacia, três são da mesma família.

A quadrilha é composta por cerca de 8 integrantes e já se encontra à disposição da justiça a dupla que por volta das 10h20 da última terça-feira (19), rendeu 4 pessoas que negociavam a venda de uma casa e levou cerca de R$ 20 mil em espécie. O assalto aconteceu na Avenida “H”, quadra 76, lote 24 – Bairro Cidade Jardim, em que foram vítimas Antônio Josias de Oliveira Filho, Gláucia Pereira Guerra, Edith Selma Pereira Guerra e Estevam Neres Gomes Júnior.


Os acusados foram pegos por volta das 11h00 da manhã da última quinta-feira (21) em uma casa no bairro dos Minérios, pela guarnição do sargento PM Evaldo e soldado PM Nobre, com apoio da VTR- do sargento PM C. Freitas e soldado Conceição, após denúncia anônima realizada por telefone para o PM Nobre, dando conta de atitude suspeita em uma residência na rua “16”, naquele bairro.

Segundo o policial, ao averiguar, foi encontrado dentro da casa um revólver calibre 32, cinco munições intactas, uma barra de maconha prensada e vários celulares.

Além da arma, da droga e dos celulares, a polícia apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Parauapebas, Wendel Victor Lobato do Nascimento, 25 anos de idade, e Tainar da Conceição Neres, 21, e um casal de adolescentes, sendo uma menina de 15 anos e um rapaz de 17. Os acusados foram reconhecidos como sendo os autores do assalto em que foi levado os R$ 20 mil.

Até por volta das 21h00 de quinta-feira (21), várias vítimas de assaltos haviam procurado a delegacia ao saberem da prisão dos acusados. Através das fotos, reconheceram Wendel Victor e o adolescente como sendo os autores dos roubos que sofreram.

Segundo o delegado plantonista José Aquino, com base na quantidade de vítimas que reconheceram o adolescente, será encaminhado à Justiça o pedido de internação do mesmo no CIAM, em Marabá.

Reportagem: Caetano Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também