Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Polícia Militar deve contar com 120 novos soldados no 23º BPM

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O quartel do 23º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Parauapebas, que atende ainda aos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado do Carajás, deve contar no segundo semestre deste ano com a vinda de 120 a 160 alunos aprovados em concurso público para serem formados soldados em Parauapebas e suprir a demanda, o que equivale a um aumento de 150% do atual efetivo do 23º BPM.

A revelação foi feita à reportagem pelo ten-cel. Mauro Sérgio, comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar em Parauapebas.


Na avaliação do oficial da PM, por causa do crescimento exacerbado da cidade, com a criação de novos bairros e a chegada todos os dias de pessoas diferentes no município, a polícia não tem conseguido acompanhar esse avanço, em termo de efetivo, com ações de segurança que possam atender a toda a população.

Ele lembra que quando a comunidade faz um protesto na prefeitura, câmara, na portaria de acesso a Carajás ou noutro local, o comando do quartel tem que deslocar um pelotão de policiais para dar segurança ao local, e enquanto isso outras áreas da cidade ficam descobertas de segurança.

Mesmo com essa deficiência de policiais, Mauro Sérgio explica que há poucos meses foi identificado que no complexo de bairros Altamira existia um foco muito grande de criminalidade. “Aumentamos as rondas policiais naqueles logradouros e aí os bandidos migraram para o Bairro Cidade Jardim. Novamente, aumentamos o policiamento ostensivo naquela área e já estamos tendo resultados positivos na queda do índice de violência”.

Pontos positivos
O comandante da PM reconhece como ponto positivo o apoio recebido da Prefeitura de Parauapebas, que colabora com fornecimento de viaturas, manutenção e combustível.

“Outro ponto positivo é o empenho dos policiais militares nos serviços de policiamento ostensivo nas ruas e em diligências especiais, combatendo a violência nos municípios”, reconhece o ten-cel. Mauro Sérgio.

Balanço
No período de janeiro a 9 de junho deste ano, de acordo com relatório do 23º BPM, a Polícia Militar apresentou à Polícia Civil 86 ocorrências de tráfico de entorpecentes, quatro de homicídios, 97 de roubo, 79 de furtos, quatro foragidos de Justiça, 94 de agressões, quarenta sobre crianças/adolescentes, dezesseis sobre porte ilegal de arma, seis estupros e 25 ocorrências sobre crimes de trânsito.

Ainda dentro do período, a PM registrou ocorrências sobre veículos localizados/recuperados (86), desordem (185), vias de fato (201), roubo a comércio (45), roubo a residência (50), roubo de veículo (81), tráfico de droga (103), ameaça (72), tentativa de homicídio (41), acidente sem vítima (41), crime de trânsito (139), homicídios (32), estelionato (13), estupro (13) e outras.

Reportagem: Vela Preta/Waldyr Silva

Publicidade

Veja
Também