Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prefeitura afirma que família já tinha apoio para translado e sepultamento de criança violentada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a tarde desta sexta-feira (10), o Portal Pebinha de Açúcar e vários outros veículos de comunicação e populares em geral, começaram a dar publicidade a uma campanha solidária que partiu de servidores da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Parauapebas (Deam).

Como foi publicado AQUI, o objetivo da campanha era de ajudar a bancar as despesas fúnebres da garotinha Carla Emanuelly, morta brutalmente em Parauapebas, como foi noticiado AQUI.


A campanha chamou a atenção de centenas de populares que questionam o motivo da Secretaria Municipal de Assistência Social de Parauapebas (Semas) não ter contribuído com as despesas fúnebres.

Para buscar mais informações a respeito do caso, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas (Ascom), que prontamente nos repassou as informações atualizadas.

De acordo com as informações, ontem à tarde o prefeito Darci Lermen recebeu uma ligação de um deputado pedindo apoio para o translado do corpo da criança vítima de estupro e assassinato em Parauapebas, sendo que na mesma hora, o gestor entrou em contato com o secretário de Assistência Social, Jorge Guerreiro, que de imediato providenciou todo o trâmite. Ainda de acordo com a Ascom, para a surpresa do governo, hoje pela manhã a família chegou em Parauapebas com um carro de uma funerária de Castanhal, o que impediu que a Semas fizesse o translado, porém, toda a documentação foi providenciada, inclusive uma funerária de Parauapebas estava pronta para fazer o translado do corpo.

Agora a pouco, através das redes sociais, o prefeito Darci Lermen também comentou sobre o caso. “Boa tarde amigos. Estávamos no circuito desde o primeiro momento, mas não sabíamos que tinha mais gente querendo ajudar. Já está tudo resolvido e organizado, ninguém se negou a ajudar, estamos com tudo posicionado graças a Deus, inclusive, temos uma fala de uma pessoa de Belém que nos procurou em primeira mão para fazer a remoção do corpo”, relatou Lermen.

Darci também parabenizou a atitude da delegada Ana Carolina em encabeçar uma campanha para ajudar a família da garotinha que infelizmente morreu de forma cruel. “A delegada é uma pessoa espetacular. Esta preocupação dela mostra o compromisso com nossa gente. Não tem nada de errado, pelo contrário temos que ter orgulho de ter uma autoridade policial humana como a Carol”, disse o prefeito.

Publicidade

Veja
Também