Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prefeitura estuda possibilidade de auxílio para clientes inadimplentes de loteadoras

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O governo municipal de Parauapebas estuda uma forma de contemplar clientes de loteadoras, como por exemplo a Buriti Empreendimentos Imobiliários, que adquiriram lotes em Parauapebas e estão “afundando em dívidas” por causa dos reajustes das parcelas e juros.

O anúncio da intenção de auxílio foi apresentado pelo prefeito Darci Lermen no momento em que assinava a Ordem de Serviços para a construção da adutora de água dos bairros Cidade Jardim e Parque dos Carajás I e II na última quinta-feira (24). “Não tem coisa pior do que acordar pela manhã e olhar pela fresta da janela e ver pessoas e máquinas que vieram demolir a casa onde moramos com nossa família”, afirmou Darci, dando conta de que irá se reunir com representantes dos moradores do Bairro Cidade Jardim com o objetivo de primeiro entender a real situação e com responsabilidade, equilíbrio e justiça, discutir a história das dívidas que existem.


Para o ato, estão convidados, também, os vereadores para que já tomem conhecimento e auxiliem na construção de alternativa. “Não estamos aqui afirmando que iremos pagar as dívidas de todos os inadimplentes do Bairro Cidade Jardim, pois, talvez não haja finanças para tudo isso; mas, iremos construir uma solução que traga condições para que o cidadão e a cidadã que adquiriu um lote neste loteamento e nos outros, pensando em viver, que pegou o dinheirinho que tinha e construiu sua casa, possa continuar ali. Não podemos deixar que esse sonho que é representado por uma casa seja derrubado”, reafirmou Darci, qualificando isso como responsabilidade social com os “mais pequenos”.

O prefeito esclarece que não irá estender o benefício para quem tem condições financeiras, mas, para quem não tem, ele garante que “certamente haveremos de achar uma saída para que quando essas pessoas tiverem a certeza de que não perderão suas casas e a água estiver chegando durante todos os dias do ano nas torneiras de suas residências, poderão sonhar em serem felizes”.

Publicidade

Veja
Também