Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Presidente do COMDCAP comenta sobre eleições do Conselho Tutelar em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Apesar do eleitor não ser obrigado a votar, de acordo com Aldo Serra, atual presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (COMDCAP), responsável pelas eleições, o número de eleitores superou as expectativas da Comissão Eleitoral.

Perguntado pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar sobre algumas polêmicas e reclamações de candidatos em relação ao processo eleitoral, Aldo afirmou que eles, os candidatos, têm até esta quarta-feira (7) para interporem recurso junto à Comissão Eleitoral contra o resultado das eleições e a qualquer momento podem acionar o Ministério Público.


“Tivemos algumas situações de super lotação em alguns pólos de votação, algumas pessoas desistiram de votar. Ainda assim a estimativa de 10 mil eleitores foi alcançada, o que nos deixou satisfeitos em relação a participação da população. Uma ata da votação de uma escola não foi localizada, divergência entre a quantidade de votos informada na ata de algumas escolas e a quantidade real nas urnas. Houveram algumas situações não resolvidas que precisam ser esclarecidas não somente para os candidatos, mas também para a própria organização do processo. Por certo, fizemos o melhor que podíamos para dar segurança e transparência aos candidatos e eleitores”, relatou o Presidente do COMDCAP, enfatizando ainda que “as urnas foram lacradas na presença dos candidatos e do Ministério Público, e permaneceram assim durante toda a votação. Inclusive as urnas, após o encerramento da votação, receberam um segundo lacre por cima assinado pelos presidentes, mesários e secretários de cada urna pra evitar adulteração durante o percurso das escolas até o CEUP”, disse.

Demora na votação e apuração

Como a eleição foi feita de forma manual e não com o uso de urnas eletrônicas, o processo de escolha dos novos conselheiros tutelares foi bastante demorado tanto na votação, como na apuração.
“Fica o nosso apelo à Justiça Eleitoral a provisão de urnas eletrônicas no próximo pleito, a forma de votação que adotamos é lenta, arcaica, e não é tão ágil”, relatou Aldo Serra.

Participação de políticos na eleição

Em conversa com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, o Presidente do COMDCAP disse que ficou surpreendido com a participação de políticos no processo de escolha dos novos conselheiros tutelares. “O que nos impressionou também foi a proporção político partidário que esse pleito tomou. O que pode afetar diretamente na igualdade de condições entre os candidatos”, disse Aldo.

Finalizando a entrevista, Aldo parabenizou os candidatos que participaram do processo de escolha dos novos conselheiros tutelares de Parauapebas. “De uma forma geral, quero parabenizar aos candidatos eleitos e aos demais pelos esforços, creio que nenhum candidato sairá desse processo da mesma forma que entrou, a obrigação de leitura do Estatuto da Criança e do Adolescente, penso que possibilitou o acesso a um universo ainda desconhecido pela maioria”, finalizou.

Resultado eleição Conselho Tutelar I Parauapebas

1º: Marcia Barros – Eleita com 1.134 votos
2º: Valrismar – Eleito com 1.038 votos
3º: Mara da Farmácia – Eleita com 942 votos
4º: Nil – Eleito com 797 votos
5º: Adajangela – Eleita com 559 votos

Suplentes eleitos:

1º: Arlete Sacramento – 534 votos
2º: Rone Moreno – 482 votos
3º: Leide – 437 votos
4º: Márcia de Jesus – 433 votos
5º: Alverlene Girão – 413 votos

Desempenho na eleição Conselho Tutelar I Parauapebas para outros candidatos:

image_thumb6

Todos os candidatos eleitos e seus respectivos suplentes irão participar de um treinamento que acontecerá durante os dias 26,27 e 28 de outubro de 2015.

Publicidade

Veja
Também