Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Professores e alunos de Parauapebas são premiados em Belém

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A premiação é reflexo do resultado do bom desempenho em avaliação educacional

Orgulho e satisfação. Estas palavras podem resumir um pouco o sentimento de alunos e professores da Escola Estadual Eduardo Angelim em Parauapebas. O professor de língua portuguesa, Manoel Vieira França, o de matemática, Willian Henrique de Sousa e a aluna Thaylla Martírios, foram premiados pelo Sistema Paraense de Avaliação Educacional (SISPAE).


O evento de premiação foi realizado na última quarta-feira (9), na capital Belém e contou com a presença do governador Simão Jatene. Cerca de 700 pessoas participaram do momento marcado por muita descontração e alegria. Parauapebas faz parte da 4ª URE – Unidade Regional de Educação, que compreende 17 municípios. Dessa unidade, foram 4 alunos e 10 professores destaques.

Para Ana Maria Santos, diretora da Escola Sede Eduardo Angelim em Parauapebas, a notícia reflete o resultado do trabalho desenvolvido na instituição.
“Sinto-me realizada. Praticamente às vésperas da criação da nossa Unidade Regional de Ensino, a URE com sede em Parauapebas, recebemos essa notícia, que reflete todo o nosso trabalho com os alunos ao longo destes anos. Nossas conquistas vão e estão além da certificação no SISPAE. Na prática, surte efeito com as dezenas de ex-alunos que conseguimos engajar no ensino superior, em instituições públicas de renome e prestígio. Temos alunos nas federais do Brasil em cursos de Pedagogia, Engenharia, Direito, Medicina, Arquitetura, Odontologia, Psicologia, Letras. Temos ex-alunos trabalho em multinacionais. Temos ex-alunos na docência do ensino superior e na pesquisa. Não há sentimento melhor que esse: de dever cumprido diante de uma tarefa tão nobre, que é, inclusive, uma arte: a arte de educar. Todos estão de parabéns: os nossos alunos, os nossos professores, a nossa rede de educação”, relata Ana.

O SISPAE, Sistema Paraense de Avaliação Educacional, foi criado em 2013, por iniciativa da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) com o objetivo de acompanhar o desempenho de estudantes da rede pública em língua portuguesa e matemática, que são disciplinas básicas do ensino fundamental e médio.

Reportagem: Anne Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também