Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Projeto que visava aumentar o número de vereadores é barrado na Câmara de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O projeto já havia tramitado na Câmara Municipal de Parauapebas no ano passado, 2015, porém foi engavetado e só agora, às vésperas de um novo mandato, o vereador Francisco do Amaral Pavão (PSDB) o reapresentou.

Trata-se do projeto que dispõe sobre a alteração da redação do capítulo e do Inciso 2º do art. 11 da lei orgânica do município de Parauapebas. A maioria dos vereadores, nas discussões, sugeriu que o número de parlamentares fosse elevado apenas para 17 e não 19, como no projeto, porém o autor, foi irredutível e afirmou que retiraria, mas não alteraria.


Na primeira discussão, ocorrida no dia 14 de junho, a emenda teve aprovação contando com 12 votos a favor e apenas 2 contrários; dos 14 vereadores que estiveram naquela sessão, tendo votado contra apenas os vereadores Bruno Soares e Zacarias Assunção. Esses mantiveram suas posições votando de novo contrários ao aumento das cadeiras.

Porém na sessão ocorrida nesta terça-feira, 28, o projeto voltou à pauta; mas o desfecho foi bem diferente. Mas nem todos tiveram o mesmo posicionamento, um deles foi o presidente daquela Casa de Leis, Ivanaldo Braz que, desta vez, votou contra; seguido por João do Feijão que também veio na contramão da decisão anterior.

O projeto foi derrotado por 5 dos 14 parlamentares presentes na sessão, já que para a aprovação era necessária maioria absoluta, ou seja, dois terços dos vereadores.

Com o veto do projeto, a Câmara Municipal de Parauapebas continuará na próxima legislatura com o número máximo de 15 vereadores, que serão eleitos nas eleições municipais que acontecem em outubro.

Votaram contra:

João do Feijão (PV);
Zacarias Assunção (PSDB);
Bruno Soares (PSD);
Joelma Leite (PSD);
Ivanaldo Braz (PSDB);

Votaram a favor:

Marcelo Parceirinho (PSDC);
Maridé Gomes (PSDC);
Lidemir Soledade (PR);
• Charles Borges (PROS);
Euzébio Rodrigues (PT);
Israel Pereira Barros (PT);
Antonio Massud (PTB);
Francisco do Amaral Pavão (PSDB);
Eliene Soares (PMDB);

Reportagem: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também