Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Reunião entre Acip, CDL e Prefeitura debate reabertura do comércio na segunda-feira (20)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Reunião foi realizada no auditório da ACIP. Foto: Cléo Lopes

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB) se reuniu com representantes de entidades representativas de lojistas, comércio e indústria para encontrar formas e fórmulas de atender a economia sem, ao mesmo tempo, desassistir a assistência à saúde preventiva ao Coronavírus (Covid-19).

Assim em reunião ocorrida na noite de ontem, quinta-feira (16), no auditório da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (ACIP), vários empresários e representantes associados também da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Parauapebas (CDL), pontuaram os efeitos negativos trazidos com o fechamento de grande parte do comércio bem como apresentaram condicionantes para que voltem a trabalhar de forma segura, conforme já imposto nos decretos municipais e estaduais, bem como nas recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).


De acordo com o presidente da ACIP, Rodrigo Zanrosso, foi lançada há alguns dias a campanha “Comércio prevenido, Coronavírus combatido” e prevê que agora, com a intensificação da campanha e apresentação da mesma ao prefeito, ele entendeu a preocupação das entidades que representam a classe dos empresários, vindo a flexibilizar a reabertura do comércio que deverá acontecer a partir de segunda-feira (20).

Mas, a reabertura do comércio não foi apenas flexibilizada por parte do prefeito Darci, pois, este cobrou às entidades da classe comercial e empresarial o comprometimento de ajudar na conscientização dos empresários da importância de seguir de seguir às normas da OMS e demais órgãos que expediram decretos e recomendações. “Estaremos ajudando na informação e além disto, certificaremos os comércios que se destacarem nessa prevenção. Acreditamos que juntos a gente consegue articular e chegar nas melhores decisões e conversando, a gente vai se entendendo”, entende Rodrigo Zanrosso, admitindo haver sim uma preocupação muito grande por parte da entidade por causa pandemia, no entanto, em seu entendimento, é preciso manter os negócios e os empregos das pessoas dando também a parcela de contribuição no combate ao vírus.

Ainda de acordo com Rodrigo, as entidades (ACIP e CDL) estarão fiscalizando o comércio para ver se todos os comerciantes e empresários estão seguindo as normas. A empresa que não atender às normativas será notificada e, em caso de reincidência, poderá ser penalizada com multa e até mesmo com o fechamento.

Para o prefeito Darci Lermen, a atitude de fechar o comércio é importante para evitar o contágio através da propagação do vírus e ainda é algo educativo no sentido de que os comerciantes e toda a população precisam se cuidar. “Precisamos criar a consciência que ou a gente se previne, ou então vamos sofrer e chorar muito ao passar por momentos difíceis em nossa cidade”, explicou Darci, dizendo que neste primeiro momento de flexibilização a orientação é que se possa ter a certeza de tomar uma decisão mais segura; porém, alerta que, a partir de segunda-feira, 20, o comércio que se adequar às condicionantes fará parte da reabertura.

Publicidade

Veja
Também