Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Rui Vassourinha assume a presidência da União dos Esportes Brasileiros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foi apresentada ao ministro nacional do esporte Leandro Cruz, na última quarta-feira (16), a maior entidade do segmento esportivo de criação nacional. Trata-se da União dos Esportes Brasileiros (UEB), fundada em Brasília, no dia 11 de abril; um segmento esportivo que existe no Brasil e está inserido na constituição desde 1988, no artigo 217 inciso IV, que estabelece a proteção o fomento e o incentivo às manifestações desportivas de criação nacional.

A nova entidade tem o mesmo papel confederativo similar ao COB – Comitê Olímpico Brasileiro, CPB – Comitê Paraolímpico Brasileiro, e outras entidades de segmentos nacionais; tendo o papel de coordenar os interesses das políticas públicas de 16 modalidades identificadas como esportes criados no Brasil, todas consideradas membros fundadoras da UEB.


A entidade já nasceu forte com organizações renomadas no Brasil, como as confederações e associações que representa as modalidades de criação Brasileira filiadas. Tendo a diretoria eleita para o mandato de 2018 a 2022, presidida por Rui Hildebrando, o popular “Rui Vassourinha”, criador da modalidade Manbol. “A UEB nasce grande e preenchendo uma lacuna em aberto e negligenciada nas políticas públicas desde a formação da constituição de 88”, afirma Rui Hildebrando, planejando que a UEB apresentará muitos projetos de inovação esportivas em todo o Brasil.

Em destaque estão dois projetos que serão realizados como carro chefe pela nova instituição brasileira do desporto: realizar a caravana dos esportes brasileiros, percorrendo as 27 capitais do país, fazendo o dia do esporte de criação nacional nos estádios olímpico promovendo a toda a população em geral o acesso as 16 modalidades através de oficinas gratuitas abertas a toda a população de cada estado com workshop de capacitação para professores de educação física, certificação e aulas abertas a todos os públicos. E a realização das olimpíadas dos esportes brasileiros que deverá acontecer bienalmente a partir do ano de 2019.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também