Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

SAAEP apresenta relatório de ações aos vereadores de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o objetivo de levar ao conhecimento do Poder Legislativo as ações realizadas no tercriro trimestre deste ano, o gestor do SAAEP (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Gesmar Costa, se reuniu com os vereadores e apresentou o relatório das ações da Autarquia.

O motivo que Gesmar aponta como estimulante para apresentar este relatório é o respeito ao Poder constituído. “Devo satisfação aos vereadores, escolhidos pelo povo para representá-los”, explicou Gesmar.
Na visita à Casa de Leis, local onde ocorreu o encontro, Gesmar falou sobre o concurso público que deverá ocorrer ainda este ano para compor o corpo de servidores do SAAEP que não se quer um concursado, sendo contratados ou cedidos. O projeto de Leis para a realização do Concurso será encaminhado à Câmara Municipal e deverá tramitar em regime de urgência. “Entreguei aos vereadores a minuta para que os vereadores avaliem e façam suas respectivas considerações. Enviaremos também para os sindicatos das respectivas categorias dos futuros concursados para que este também inclua o que é interessante e exclua o que possa prejudicar”, detalhou Gesmar, planejando que depois disto virará Projeto de Leis.


A licitação para a empresa que aplicará o concurso será aberta para que haja celeridade no processo e no primeiro trimestre sejam empossados os servidores concursados.
O concurso faz parte da reforma administrativa que vem sendo feita na autarquia e deverá abrir vaga para as diversas funções, entre elas, eletricistas, motoristas, agente administrativo et., ao todo aproximados 600 funcionários, metade deste número deverá tomar posse logo após o concurso.

A regulamentação Hidro Sanitária, segundo Gesmar, normatizará a expansão do perímetro urbano sendo a partir de sua aprovação um parâmetro regulamentador dos loteamentos e obras em si tratando de água e esgoto. “Assim daremos uma ferramenta para o executivo evitar transtornos os e a geração de muitos problemas até irreversíveis”, explicou Gesmar.

Publicidade

Veja
Também