Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

SALOBO: Vale bate recorde de produção de cobre com projeto em Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O projeto Salobo, da empresa em Marabá, bateu o projeto Sossego, localizado em Canaã, e já dá o retorno dos investimentos bilionários que a Vale vem fazendo desde 2012.

No semestre, Salobo produziu 73,2 mil t de cobre, enquanto Sossego produziu 56,2 mil t. Para se ter ideia do crescimento do projeto de Marabá, basta-se ter em mente que no mesmo período do ano passado ele produziu 40,8 mil t. Ou seja, em um ano, a Vale aumentou a produção de cobre em 92,9% no solo marabaense.


De acordo com a Vale, o recorde de Salobo se deve ao ramp-up da etapa Salobo II, uma espécie de expansão do projeto para aumentar a capacidade de retirada de cobre contido. Além de cobre, dos projetos Sossego e Salobo saíram milhares de toneladas de onça de ouro no primeiro semestre, precisamente 43 mil e 110 mil, respectivamente – dois recordes.

NÍQUEL

Em Ourilândia do Norte, a produção do projeto Onça Puma foi, de acordo com a Vale, de 12 mil t. No período, Onça Puma sofreu breve parada a fim de realizar algumas melhorias
planejadas para a planta. É uma produção semestral de níquel razoavelmente melhor que a do ano passado.

Reportagem especial: André Santos – Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Arquivo

Publicidade

Veja
Também