Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Secretaria de Urbanismo fecha o cerco contra ocupações irregulares

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cinco pontos de ocupação irregular, em diversos bairros de Parauapebas, foram visitados nesta quinta-feira, 26, pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb). A equipe de fiscalização da Semurb visitou a região conhecida como o Morro da Castanha, Bairro dos Minérios, Cidade Jardim, Bairro Maranhão e a antiga feira do produtor.

A visita foi pacífica e serviu, também, para os fiscais despertarem  consciência entre os cidadãos sobre as desvantagens de promover ocupação irregular. O secretário municipal de urbanismo, Edmar Lima, que também é engenheiro civil, conversou pessoalmente com cada popular e se prontificou a recebê-los para uma reunião, visando encontrar a melhor alternativa para combater ocupações em áreas consideradas de risco ou que tenham outra destinação.


A região conhecida como Morro da Castanha, por exemplo, é um ponto onde já foi realizada a retirada de moradias improvisadas, no entanto, alguns populares retornaram para o local, que já tem destinação específica.

Por essa razão, Francisco Soares, coordenador de fiscalização da Semurb, destaca a importância do acompanhamento permanente realizado pela secretaria. “Foi feita uma desmobilização da área, mas as pessoas voltaram, por isso que é tão importante a fiscalização feita pela Guarda Municipal e pela Semurb”, ponderou ele.

De acordo com Edmar Lima, o trabalho feito pela Semurb foi preventivo e educativo para que os populares compreendam o problema: “Nós verificamos onde passamos que as pessoas estão se estabelecendo em locais de preservação permanente, em áreas públicas. Quando necessário, notificamos e orientamos para que o cidadão procure a secretaria de urbanismo”, afirmou.

Além da equipe da Semurb, homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal acompanharam as visitas. Parte dos populares abordados já foi notificada anteriormente pelo governo municipal. A conscientização promovida nesta quinta-feira tem por objetivo reafirmar a política da atual gestão de priorizar o diálogo com a comunidade.

Reportagem: Jéssica Diniz

Publicidade

Veja
Também