Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Segup ordena fluxo de veículos em Salinas por meio de parceria público privada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No período de final de ano, muitas pessoas procuram o litoral paraense para aproveitar as festas, Natal e Ano Novo. E para melhor organizar o fluxo de veículos e garantir mais segurança a pedestres e aos motoristas que irão se deslocar para a praia do Atalaia, no município de Salinópolis, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) está organizando o fluxo de veículos na praia. O ordenamento, que faz parte da operação “Festas Seguras” iniciou neste final de semana e ocorrerá, todos os dias, até o dia 6 de janeiro. O planejamento e acompanhamento é realizado pela Secretaria Adjunta de Operações (SAGO), vinculada à instituição.

A organização do fluxo já está no planejamento das operações da Segup, porém está é a primeira vez que é concretizado por meio da parceria público privada. Um chamamento público piloto foi realizado e as empresas interessadas tinham a opção de comprar cotas para a aplicação de suas respectivas marcas nas bandeirolas fixadas ao longo da praia. A empresa que colaborou nesta ação foi a Equatorial. Para esta operação, o percurso compreendido com as bandeirolas representa uma extensão de 2.200 metros, economia para a gestão pública e uma maneira de arrecadar recursos financeiros significativos que são depositados no Fundo de Investimento da Segurança Pública (FISP).


“A parceria com o setor privado será uma tônica da nossa gestão. As empresas podem e devem ajudar o poder público a melhorar os serviços oferecidos à população. Na medida em que nos ajudam, também divulgam suas marcas, tendo também ganhos com isso. No caso de Salinas, fizemos um chamamento público piloto, onde empresas se responsabilizam pela confecção das bandeirolas que demarcam a praia durante o final de ano, também liberam cotas de investimento para segurança pública (depositadas no FISP) e divulgam suas marcas. Somente neste exemplo, o estado economizou na confecção de 500 bandeirolas e ainda recebeu aporte de 30.000 reais para investimentos, via FISP. Faremos isso em outros eventos e esperamos aumentar essa parceria. Para as férias de julho de 2020, certamente, essa parceria será muito maior”, explicou o secretário de segurança pública, Ualame Machado.

Operação Festas Seguras – A operação integrada foi deflagrada no dia 11 de dezembro pela Segup e tem como principal objetivo intensificar as ações de segurança em áreas comerciais que apresentam grande fluxo de consumidores na Região Metropolitana de Belém e nos principais interiores e balneários do Estado. A operação será realizada até o dia 6 de janeiro de 2020. Cerca de 2 mil agentes participam da operação.

A ‘Festas Seguras’ abrange várias ações e etapas neste mês de dezembro. A primeira fase teve início com o policiamento na região do Comércio e dos grandes centros lojistas, como os shoppings centers e grandes lojas comerciais da capital, resguardando a população nesse período de compras intensificadas e recebimento do 13º salário. Essa ação se estende também nos interiores, agindo nos pontos comerciais de maior movimentação. A segunda fase abrange as festas de final de ano, tanto no Natal, quanto no Ano Novo, quando aumenta o deslocamento para os balneários, praias e ilhas.

Publicidade

Veja
Também