Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Sem-teto que fez sexo com mulher de personal é retirado de cidade por segurança

Após receber ameaças em um abrigo de Planaltina, no Distrito Federal, o homem em situação de rua agredido pelo personal trainer Eduardo Alves após ser pego por ele fazendo sexo com a esposa do agressor, teve de ser retirado pela Sedes (Secretaria de Desenvolvimento Social do DF) do abrigo onde estava. As informações são de R7.

A agressão aconteceu na segunda-feira (14), quando Eduardo flagrou a esposa fazendo sexo com um homem em situação de rua, identificado como Givaldo, dentro de um carro da mulher.

Em depoimento à polícia, Eduardo Alves disse que achou que a mulher estava sendo “estuprada”, por isso desferiu diversos socos e chutes em Givaldo, conforme foi flagrado pelas câmeras de segurança. Mas o personal disse também que a mulher estava em surto psicótico.

Já a vítima de espancamento disse que foi abordado pela mulher e que depois se encontram e foi “convencido” a entrar no carro e fizeram sexo consensual.

Givaldo foi levado ao Hospital Regional de Planaltina e ficou na unidade até esta quinta-feira (17).

Foi solicitada pelo hospital uma vaga em um abrigo conveniado com a Sedes em Planaltina. Mas algumas pessoas foram ao local em tom ameaçador. “Algumas pessoas se identificaram como policiais, disseram ser amigos do Eduardo e quiseram culpar o Givaldo por tudo que aconteceu”, disse uma testemunha.

A Sedes recebeu um relatório da direção do abrigo que continha as ameaças e decidiu alocar Givaldo em outro abrigo, fora de Planaltina, por questão de segurança.

 

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário