Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Senador Jader Barbalho critica decisão da Vale de implantar siderúrgica no Ceará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) criticou a recente assinatura de contrato entre a Vale e um banco da Coréia do Sul, que concede US$ 2 bilhões à empresa brasileira para implantação de siderúrgica de Pecém, no Ceará.

Jader disse estar perplexo com a assinatura do contrato, e ressaltou que todos os estados precisam ter asseguradas condições mínimas de desenvolvimento, sobretudo o Pará, que forma a maior província mineral do país, localizada na Região de Carajás, principalmente no município de Parauapebas.


O senador cobrou a conclusão de diversos empreendimentos no Pará, entre eles uma siderúrgica em Marabá, que teve seu projeto arquivado pela Vale, e o Pedral do Lourenço, que vai ampliar a navegabilidade no Rio Tocantins.

— Relações de troca tão desiguais não podem perdurar por mais tempo. O Pará não pode continuar sendo tratado impunemente como objeto de esbulho e espoliação, sob o risco de perpetuar sua situação de pobreza, ante as decisões socialmente perversas, tributariamente ilógicas e destituídas de qualquer racionalidade econômica — protestou o senador.

Reportagem e foto: Agência Senado

Publicidade

Veja
Também