Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Servidores da Câmara rejeitam projeto de lei sobre plano de cargos, carreiras e vencimentos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os servidores do Legislativo não estão de acordo com o projeto de lei votado pelos vereadores, porque segundo eles, a maioria das vantagens que constam no plano é para um grupo restrito, o qual não beneficia toda a categoria.

Os servidores também expuseram suas indignações, dizendo que o referido projeto deveria ter sido discutido e aprovado pelos servidores da Câmara, sendo eles os interessados. Porém, a presidência da casa apenas colocou o projeto para ser votado sem a devida discussão com o SINSEPPAR e os servidores da Casa.


O Sindicato dos Servidores Públicos de Parauapebas (Sinseppar) diz que informará a presidência da Câmara sobre a decisão da assembleia, e logo em seguida ingressará com uma medida cabível.

Outro lado

O presidente da Câmara, Ivanaldo Braz (SDD), informou que o projeto de lei estava em tramitação na Câmara desde o dia 15 de setembro e foi elaborado em conjunto com a procuradoria da Casa, que é composta por servidores efetivos.

“Se tiver que melhorar eu estou disposto a fazer, pois quero o melhor para todos os servidores. Estou fazendo isso para organizar a Casa. Não deu certo de ouvir o sindicato, mas acredito que algumas colocações de vocês eu fiz, e quanto à questão financeira não é o sindicato que decide, mas a mesa diretora”, explicou o presidente.

O projeto continua em tramitação e ainda passará por segunda votação.

Publicidade

Veja
Também