Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Setran atua para devolver trafegabilidade às estradas atingidas pelas chuvas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) tem atuado para solucionar ocorrências provocadas pelas fortes chuvas que atingem as estradas do Pará. Nos últimos quatro dias foram identificadas interrupções no tráfego de duas rodovias estaduais, a PA-256, onde um buraco surgiu à altura do km 12, no sentido Paragominas-Rio Capim, e a PA-275, que sofreu com desmoronamento de barranco às margens do km 11, interditando um dos principais acessos aos municípios de Curionópolis e Parauapebas.

Na Região Metropolitana de Belém houve o transbordamento do rio Pato Macho, em Marituba, que impactou diretamente o trânsito na BR-316, ocasionando congestionamento na saída da cidade, no final de semana.


Os chefes de Núcleos Regionais da Setran, que mantêm comunicação direta com a Diretoria Técnica de Transportes, na capital, ao tomar conhecimento das ocorrências, de imediato mobilizaram as equipes que prestam serviço para a secretaria nos municípios e restabeleceram o tráfego com segurança nas estradas atingidas.

Tratores foram utilizados para retirar o acúmulo de terra sobre a PA-275 e na PA-256 foi realizado serviço de contenção no lado crítico da rodovia, sendo possível liberar uma faixa para o trânsito seguro de veículos. A estrada está sinalizada e a área de risco devidamente delimitada com madeira. O trabalho terá continuidade nesta terça-feira, 10, caso haja condições climáticas favoráveis. Há controle de tráfego Pare/Siga via rádio para evitar acidentes no local.

Na BR-316 foi realizada inspeção por representantes da Prefeitura de Marituba, Polícia Rodoviária Federal e Setran, sendo possível constatar o assoreamento de um bueiro de drenagem, já desobstruído por agentes da Prefeitura, além da necessidade de ampliação de uma galeria, que já não suporta a vazão do rio Pato Macho, em função de construções irregulares realizadas por particulares no entorno, aumentando o fluxo das águas em menor tempo, o que gera os alagamentos no local. Estas obras serão realizadas emergencialmente pela Setran, que já iniciou os estudos para formulação dos projetos.

Publicidade

Veja
Também