Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Siproduz divulga programação oficial da Fap deste ano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Agora é correr pra cima. A gente já vem trabalhando dia e noite para a realização dos eventos e nesta reta final os trabalhos devem se intensificar ainda mais”, afirmou João Barreto, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), na apresentação da programação da Feira de Agronegócios de Parauapebas (Fap), ocorrida na manhã desta quarta-feira (15), numa sala de cinema do Partage Shopping.

A Fap é um evento recheado de glamour, gente bonita, participação e oportunidade de negócios. Além de reunir dezenas de expositores e criadores de gado da região, e contar com grandes atrações musicais, como os cantores nacionais João Neto e Frederico, Gino e Geno, Eduardo Costa, e Tony Guerra e Forró Sacode, o evento atrai pessoas de toda região.


Esta é a 15ª edição da Fap. Desde a primeira, muita coisa vem mudando, e mudando para melhor, o que vem atraindo mais participantes que, através de comitivas, engrossam as fileiras na cavalgada que, todos os anos, abre as festividades. A beleza feminina tem seu espaço garantido na feira, com a escolha da Rainha da Fap que, a cada ano, atrai belas jovens e grande público que prestigia o evento.

Os dias em que ocorre o evento, no Parque de Exposições Agropecuárias Lázaro de Deus Vieira Neto, são recheados de atrações, entre elas, Feira da Catira, escolha da Rainha e Princesas, Festival de Louvor, Fap Cidadania, cursos, rodeio, exposições e leilões de animais.

“É uma responsabilidade muito grande pelo fato de a feira ser o maior evento do município e pelo que ela representa na geração de empregos diretos e indiretos, pela renda que ela faz circular. Isto exige de nós uma seriedade muito grande para poder realizá-la e atingir os objetivos que a gente traça”, planeja Barreto, dando conta que a diretoria do sindicato tem trabalhado unida desde o início do ano para atender à demanda, já que não se trata apenas das cinco noites de Feira, mas dos 10 dias de outros eventos em virtude dela.

 

Corrigir erros – Uma das buscas que João Barreto diz fazer junto com a diretoria é corrigir eventuais erros cometidos na feira anterior e reconhece que não tem como fazer algo perfeito.

Em 2017, a festa durou apenas 5 dias, tempo suficiente para que o volume de negócios ultrapassasse a marca dos R$ 20 milhões, graças ao grande volume de animais que são comercializados nos leilões que ocorrem no tatersal do parque e comercializações diversas.

Reportagem: Francesco Costa / Fotos: Iarla Oliveira | Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também