Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Taxista nega ter destruído carro de motorista da Uber

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a tarde da última segunda-feira (28), o Portal Pebinha de Açúcar publicou AQUI uma reportagem do Portal Correio de Carajás que tem como título: Taxistas são acusados de destruir carro de jovem ao confundi-lo com motorista de aplicativo de transportes.

Na manhã desta terça-feira (29), a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar conversou com o taxista José Roberto da Costa, que desenvolve suas atividades profissionais em Parauapebas e tem o ponto fixo na entrada da cidade. De acordo com ele, durante a manhã de ontem, foi surpreendido quando chegou um homem identificado como Lindembergue de Jesus Santos e fez acusações. “Eu estava tomando café quando ele desceu de um carro preto e perguntou de quem era o táxi. Fui lá, pensei que ele queria uma corrida e afirmei que era meu, porém, ele chegou fazendo acusações, dizendo que o táxi estava na confusão quando quebraram o carro dele que trabalha como Uber. Avisei a ele que não procedia a informação. Peguei esse carro do proprietário que foi para Redenção no domingo e o veículo ficou parado na minha casa e tenho como comprovar isso, até porque o carro é rastreado 24 horas e não trabalhei no domingo”, relatou o taxista.


Ainda em conversa com a reportagem do Portal Pebinha de Açúcar, o taxista José Roberto da Costa afirmou: “Estou esperando ele fazer todas as acusações e depois que acalmar, irei entrar com uma ação contra ele na Justiça por calúnia e difamação. O motorista da Uber fez uma acusação e precisa provar se eu estava envolvido nessa confusão, até porque eu tenho certeza que o carro que eu trabalho estava parado. Não vou meter minha mão no fogo por ninguém, ele pode ter confundido o meu carro com outro táxi parecido e tenho certeza que não estou envolvido nessa situação. Sou pai de família, não desejo o que aconteceu com o carro da Uber para ninguém, porém, tenho certeza que eu não estou envolvido nessa confusão”.

Durante a manhã desta terça-feira vários motoristas de aplicativos fizeram uma manifestação na Câmara Municipal de Parauapebas e pediram mais segurança para desempenharem suas funções. O vereador Horário Martins que presidiu a sessão de hoje agendou uma reunião com os motoristas para tratar com os demais vereadores sobre a situação.

Publicidade

Veja
Também