Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Técnico de enfermagem é encontrado morto na sua residência no Bairro Tropical

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Morto a golpes de faca, Francisco Pinheiro de Castro parece não ter tido chances de defesa

Anderson Lopes Oliveira, amigo que compartilhava a mesma casa com Francisco, no Bairro Tropical, em Parauapebas, foi quem deu as informações à equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar. De acordo com ele, saiu para o trabalho ontem (30), quinta-feira, por volta de 17h20, quando deixou seu amigo em casa, pois, o mesmo estava de folga. Ainda de acordo com Anderson, seu amigo costumava receber pessoas em casa para beber.


A vítima era técnico de enfermagem, tendo, inclusive, trabalhado por três anos no Instituto Médico Legal (IML) e atualmente trabalhava no Hospital das Clínicas de Parauapebas (HCP). “Liguei para ele por volta das 20h00 e notei que estava tudo bem, porém, depois de meia noite olhei o perfil dele no WhatsApp e notei que a foto dele havia sido removida”, contou Anderson, dando conta de que ao chegar em casa, no início da manhã de hoje (31), sexta-feira, se deparou com o corpo do amigo com várias perfurações. Logo após ele se deslocou até Delegacia de Polícia Civil para registrar ocorrência.

Foto da vítima ainda em vida

 

Nos poucos instantes em que ficou no interior da residência, Anderson conta que notou a falta de algumas coisas, entre elas, o celular da vítima, um notebook e uma caixinha de som; outros vestígios encontrados no local foram uma camisinha aparentemente usada, próximo ao corpo da vítima, um litro de cachaça 51, além de marcas de sangue na pia, dando a entender que o agressor tenha lavado ali a faca usada no ato criminoso.

A Polícia Civil já ouviu Anderson e deverá intimar os vizinhos para prestar esclarecimentos; seguindo o inquérito para chegar ao culpado.

Publicidade

Veja
Também