Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Trem de passageiros da Vale fica sem operar e passageiros formam filas para remarcações e reembolsos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Indígenas da tribo gavião interditaram a Estrada de Ferro Carajás (EFC) no trecho que passa em Bom Jesus do Tocantins, no Pará, e o bloqueio na ferrovia impediu a saída do trem de passageiros nesta quinta-feira (26), em São Luís.

Os passageiros que se deslocaram para a estação ferroviária reclamaram da falta de informação e da demora para conseguir o reembolso ou a remarcação das passagens.


Na manhã desta sexta-feira (27), em Parauapebas, a movimentação em um dos pontos de venda de passagens foi grande, muitas pessoas queriam o reembolso, porém, tiveram dificuldades.

A Vale informou que já está tomando as providências necessárias para a desobstrução da ferrovia e consequentemente para a retomada do tráfego ferroviário. Com relação a demora para remarcação das passagens, a Vale disse que todas as pessoas que estavam aguardando na fila foram atendidas até as 9h30 e que a a remarcação estava prevista para ser amanhã, mas foi antecipada, para evitar filas maiores. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-285-7000.

Na semana passada, a ferrovia ficou iterditada depois que um trem descarrilou próximo a Miranda do Norte, a 124 km de São Luís. Com o acidente, que atingiu vários vagões do trem, as viagens de passageiros foram canceladas nos dias 19 e 20 de fevereiro.

Reportagem: Portal Pebinha de Açúcar, com informações do G1
Foto: Fábio Marques

Publicidade

Veja
Também