Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Três homicídios registrados em Parauapebas nas últimas horas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A população de Parauapebas voltou a se preocupar com a onda de violência registrada nas últimas 24 horas, quando três homens foram assassinados no município.

As vítimas fatais foram Wilcly Bezerra da Silva, 16 anos, natural de Itaituba (PA); outra identificada apenas por “Gordinho” e a terceira ainda sem identificação.


Segundo informou Marlon Bezerra da Silva, irmão de Wilcly, este se encontrava na madrugada desta segunda-feira (30) numa casa de festa no final da Rua A, no Bairro Primavera, em Parauapebas, foi ao banheiro e minutos depois foi vítima de esfaqueamento no pescoço. Wilcly chegou a ser socorrido e levado ao hospital municipal ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

O homem sem identificação foi encontrado morto na estrada que dá acesso ao projeto de cobre Salobo, na zona rural de Parauapebas. De acordo com informações de testemunhas, a vítima foi levada de carro até o local e lá foi esfaqueado até a morte. Pelas redondezas, moradores não reconheceram a vítima, que até o fechamento desta matéria ainda não tinha sido identificada pela polícia.

Já “Gordinho” foi encontrado por volta das 10 horas da manhã desta segunda-feira (30) sem vida numa casa localizada na quinta etapa de expansão do Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, com tiros na nuca, cabeça e em um dos braços.

Segundo informações repassadas pela polícia, “Gordinho” trabalhava como pedreiro e estaria recebendo ameaças porque terceirizava serviços e não pagava os trabalhadores. No momento em que a polícia se encontrava no local do crime, pelo menos cinco pessoas apareceram para cobrar dívidas trabalhistas, mas o devedor já estava morto.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva – Da redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também