Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vendas da Páscoa caem cerca de 40% em relação ao ano passado em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No período de Páscoa, além da celebração cristã da “Semana Santa”, é também o período da tradicional venda de chocolates. Porém, por conta da pandemia do novo Coronavírus, a procura por ovos de páscoa diminuiu bastante.

De acordo com informações vindas do comércio de Parauapebas as vendas da Páscoa caíram cerca de 40% em relação ao mesmo período ano passado, o que representaria uma perda significativa. “Essa é uma das nossas apostas, sendo a primeira data festiva que promove a venda após o início do ano”, afirma Gláucia Aires, gerente de negócio que comercializa o principal produto procurado nesta época, o ovo de páscoa, de acordo com ela, além das pessoas ter comprado menos, diminuíram também no tamanho do produto adquirido.


Nossa equipe de reportagens saiu para conferir como anda o movimento nos supermercados de Parauapebas e, embora estejam movimentados nas sessões de alimentações e bebidas, notamos que as sessões dos ovos de páscoa estão bem esquecidas. O motivo, segundo o economista Carlos Duarte, um dos poucos que estavam comprando o produto no momento de nossa visita, é, além da preocupação com o que “há de vir” nos próximos dias e meses, a baixa nos rendimentos da população devido a paralisação total ou parcial de muitos segmentos comerciais. “Menos dinheiro no bolso da população, menos movimento no comércio, principalmente, dos supérfluos. As pessoas não param de comprar o básico, pois, não dá para passar a páscoa sem, por exemplo, arroz, carne, verduras etc., mas, sem ovo de páscoa, sim”, avalia o economista, mensurando que, por ser um produto de venda temporal, não deu tempo para haver grandes baixas, mas, com a baixa nas vendas, nos próximos dias o preço cai, já que o comerciante não deva querer guardar para o próximo ano já que é um produto perecível.

Publicidade

Veja
Também