Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vereador critica decreto estadual e solicita reabertura de igrejas em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após comemorar a vitória do sindicato do qual é presidente, por ter conseguido percentual significativo de reajuste no valor do Vale Alimentação pago aos trabalhadores daquela categoria durante o período em que perdurar a pandemia, o vereador Joel Alves fez críticas às medidas aplicadas pelo governador Helder Barbalho contra as igrejas, durante Sessão Ordinária realizada nesta terça-feira (26) na Câmara Municipal de Parauapebas.

Trata-se da suspensão dos atos religiosos para mais de 10 pessoas, o que Joel qualificou como “perseguição ao evangelho de Jesus. Já que segundo ele, não há outra maneira de forçar as igrejas a fechar as portas, aí vem com essas medidas para fazer o povo ficar longe de Deus. Não estou falando que as pessoas só se aproximam de Deus estando nas igrejas, mas, elas são um ponto estratégico para buscar a presença de Deus”, explicou o vereador, dizendo defender que as igrejas devem estar de portas abertas para todos.


Na opinião do vereador, o “povo de Deus” está contribuindo com essa nação e as igrejas sempre contribuíram com os governos das três esferas de poder, resgatando pessoas das drogas e outras criminalidades e devolvendo para a sociedade com gente de bem, e isso sem nenhum custo para o poder público.

O parlamentar lamentou o fato de que, exatamente, neste momento em que as pessoas precisam das igrejas, o governador assinou um decreto para o fechamento das mesmas.

Joel pede ao prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, a quem foi dado o poder de decisões a respeito da reabertura dos comércios e igrejas, que deixe que as entidades voltem a funcionar normalmente dentro de condicionantes necessárias.

Publicidade

Veja
Também