Vereadora sugere inclusão do Dia do Moto-Entregador no calendário de eventos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Entre os tantos profissionais que se destacaram durante os dias de confinamento em casa decorrente da pandemia de coronavírus está o moto-entregador. Este profissional evitou que muitas pessoas saíssem de casa, diminuindo os índices de aglomeração.

Em Parauapebas, cerca de mil profissionais atendem redes de delivery, levando às casas pedidos de refeições. Muitos têm um emprego principal, mas atuam como moto-entregadores para complementar a renda. Vale lembrar que, para se tomar entregador sobre moto, o profissional tem que ter, no mínimo, dois anos de habilitação na categoria A.


Diante da relevância da atuação profissional dos mototaxistas em Parauapebas, a vereadora Eliene Soares (MDB) sugeriu que seja incluído no calendário oficial de eventos do município o Dia do Moto-Entregador, a ser comemorado anualmente no dia 10 de setembro.

Conforme explicou a vereadora, esta é uma justa homenagem a esses profissionais que trabalham dia e noite para garantir que as famílias tenham produtos e serviços no conforto de casa.

Para Eliene, a data também pode servir para despertar a atenção do poder público acerca da necessidade de fomentar o serviço e incentivar a atividade profissional por meio da criação de linhas de crédito exclusivas e a formalização de negócios, o que volta ao município em forma de impostos.

Para homenagear a todos os profissionais que atuam no serviço de entrega sobre motocicleta, sejam motoboys, motofretistas ou intermediários de deliveries, os vereadores aprovaram a Projeto de Lei nº 66/2020, apresentado pela vereadora Eliene Soares. Com a aprovação, o projeto será encaminhado para sanção do prefeito Darci Lermen, para que posteriormente entre em vigor.

Publicidade

veja também