Publicidade

Workshop é realizado para corretores imobiliários em Parauapebas

A Delegacia do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 12ª Região promoveu o I Workshop de 2019. O ato, ocorrido o Plenarinho da Câmara Municipal de Parauapebas, teve como objetivo trazer à Parauapebas especialistas do ramo, oportunizando aos profissionais orientações a respeito da Lei Fedral 13.786/2019 que normatiza os distratos.

Entre os palestrantes estiveram: Jaci Colares, presidente do CRECI – Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, Pará e Amapá; Magno dos Santos, 1º Secretário do CRECI; o advogado Daniel Farias; e Emílio Galo, cartorário em Parauapebas.


“O principal objetivo é lutar pela regularização do profissional corretor de imóvel, para que todos que trabalhem nas áreas estejam devidamente com registros na entidade da classe, assim como são advogados, engenheiros, médicos e outros profissionais liberais”, explicou Jaci Colares, dando por motivo de preocupação do CRECI a capacitação dos corretores.

O evento foi realizado pelos delegados do CRECI em Parauapebas, os corretores: Andrew Melo, Willian Delon e Mariane; que, através de um evento com inscrição gratuita trouxeram aos corretores de Parauapebas e municípios vizinhos como, por exemplo, Canaã dos Carajás, Eldorado do Carajás e Curionópolis, orientações para melhor atuar. “Entendemos que a sociedade civil como um todo, está, cada vez mais, exigindo profissionais qualificados e competentes”, afirmou Magno dos Santos.

 

Já o advogado Daniel Farias, falou das inovações introduzidas pela Lei do Distrato (Lei 13.786/2019), que, segundo ele, veio para regrar a possibilidade e a quantificação dos distratos. “Quando uma pessoa compra um imóvel em um loteamento, ela tem a possibilidade de quebrar esse contrato caso ela precise”, explicou o advogado, dando conta de que, antes dessa lei, não havia critério objetivo paga dizer qual era o valor da multa por conta dessa quebra de contrato.

Cerca de 60 profissionais, corretores imobiliários, participaram do workshop e destacaram a importância do evento para eles. “Para mim foi um grande aprendizado; vejo como importante que eventos como esse aconteçam com mais frequência”, avaliou Lucimar Arantes, corretora imobiliária.

Qualificação. É a palavra que Gilvan Alves definiu o bom profissional. “O corretor de imóveis precisa ter conhecimento da profissão e um amplo conhecimento desta lei, para que possamos desenvolver melhor nossa profissão e transmitir segurança à quem quer conseguir um imóvel para moradia ou para investimento”, afirmou Gilvan.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Pebinha de Açúcar Comunicação e Marketing
LTDA-ME – CNPJ: 05.200.883.0001-05
Parauapebas – Pará – Brasil
(94) 99121-9293 (whatsapp) | (94) 98134-2558

Acompanhe o Pebinha nas redes sociais

Copyright © Pebinha de Açúcar – 2018. Todos os Direitos Reservados.

Fechar Menu