Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

COVID-19: Profissionais da educação superior, técnico e profissionalizantes serão vacinados em Parauapebas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), continua avançando com a vacinação contra Covid-19, a partir desta quarta-feira (16), um novo grupo de profissionais da educação será contemplado com a primeira dose do imunizante.

Nos dias 16, 17 e 18 de junho, os profissionais que atuam na educação de nível superior, técnico e profissionalizantes da rede pública e privada com idade de 18 a 59 anos, devem comparecer até o Centro Universitário de Parauapebas (CEUP), localizado na quadra especial, Rua A, bairro Cidade Nova, (entrada pelo portão principal rua A) no horário de 8h às 13h.

Documentos necessários:

  • Contracheque ou contrato;
  • Algum documento que comprove o vínculo com a instituição;
  • Levar documento de identificação com foto e cartão do Sus;
  • Comprovante de residência;
  • Carteira de vacina.

“O prefeito Darci Lermen busca diariamente formas de garantir que os nossos munícipes sejam imunizados o quanto antes. Neste momento será ampliado para os trabalhadores da educação e é muito importante que todos compareçam ao CEUP munidos de uma declaração fornecida pela instituição de educação e garanta a primeira dose da vacina”, ressalta o gestor da pasta da saúde, Gilberto Laranjeiras.

Terça-feira registra uma morte e 128 novos casos de Covid-19 em Parauapebas

Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), através de Boletim Epidemiológico. Os números de ocupações e UTI’s da rede particular estão em 70% e da rede pública em 89%.

Morte registrada

 

Novos casos registrados 

Servidoras públicas gestantes são beneficiadas com curso em Parauapebas

Seguindo com a missão de promover ações de valorização do servidor público municipal, a Prefeitura de Parauapebas iniciou nesta segunda-feira, 14, o curso para servidoras grávidas, onde elas aprenderão e trocarão experiências sobre condições clínicas da gestação, mudança corporal, paternidade, amamentação, autocuidado, entre outros assuntos.

O curso é ministrado pela equipe multiprofissional do Programa Bem-Estar, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Administração (Semad), por meio da Coordenadoria de Treinamento e Recursos Humanos (CTRH) da prefeitura. Neste primeiro momento foi iniciada uma turma, com previsão de abertura de novas para o segundo semestre. Informações sobre como se inscrever no curso podem ser obtidas pelo número 3346-7258.

As participantes do curso serão acompanhadas durante a gestação e pós-parto, mas o atendimento não substitui o pré-natal explica Elveni Dalfeth, responsável pelo CTRH. “A gravidez é um período em que a mulher está sensível, toda ajuda é bem-vinda. A equipe do programa vai promover encontros presenciais, com temas específicos com as gestantes. Quem precisar de atendimento nutricional ou psicológico, por exemplo, poderá contar com a equipe do Bem-Estar”, pontua Elveni.

A gestora também destaca que “essa é mais uma iniciativa da gestão municipal no sentido de valorizar os servidores, essa é a nossa missão, conforme determinado pelo nosso prefeito Darci Lermen. Também temos o apoio do nosso secretário de administração, Cássio Flausino, para fazer as ações necessárias em benefício ao servidor”.

Depoimentos sobre o curso

“Não esperava, nem imaginava que teria um curso assim para nós, servidoras gestantes. A gestação é um momento especial, mas muitas mulheres se sentem fragilizadas. Ter um acompanhamento com esse faz a gente se sentir valorizada. Tenho expectativa que vai ser muito bom, vou aprender bastante no curso”, destaca Niele Oliveira, Auxiliar Administrativo na secretaria de segurança (Semsi).

“Minha expectativa é muito boa, principalmente sabendo que os maridos terão uma participação também, precisamos muito do apoio deles. Estou aqui para aprender, mesmo sendo a minha terceira gestação, que foi uma surpresa, eu não estava esperando. É a primeira vez que eu tenho acesso a esse tipo de serviço, achei muito boa essa iniciativa”, opinou Carla Viana, Assistente Social na Semas.

Texto: Karine Gomes

Vale Música lança curso gratuito de Introdução à Regência

O Projeto Vale Música Serra está com inscrições abertas para o Curso de Introdução à Regência do Programa Vale Música, que será desenvolvido de forma remota, com a participação de especialistas em diversas áreas do conhecimento humano. Ao todo serão disponibilizadas 300 vagas gratuitamente para estudantes de música, músicos formados e regentes de bandas, orquestras, corais e big bands, entre outras formações musicais. Desse total, 160 vagas serão destinadas para o público em geral, 40 para alunos do Projeto Vale Música Serra e 100 para os acordos de parceria estratégica do Programa Vale Música, a exemplo do projeto Vale Música Belém.

Entre os palestrantes convidados estão regentes reconhecidos internacionalmente, como Nelson Ayres, Dario Sotelo, Maria José Chevitarese, Délio Gonçalves, Marcelo Jardim e Marcelo Maganha. O curso terá carga horária de 200 horas, com início previsto para 24 de julho de 2021 e encerramento em 09 de abril de 2022, sendo 120 horas síncronas (via plataforma de videochamada Zoom) e 80 horas assíncronas (com atividades preestabelecidas no AVA – Google Classroom).

O conteúdo curricular será dividido em 30 encontros, realizados sempre aos sábados, das 13h às 17h. O curso oferecerá certificação para os alunos que cumprirem todas as condições exigidas em sua estrutura pedagógica, como frequência mínima de 75% e participação nas atividades propostas dentro do prazo estipulado.

As inscrições deverão ser feitas até 14 de julho, por meio do preenchimento do formulário digital disponibilizado no site da Estação Conhecimento de Serra: www.estacaoconhecimentoserra.org. Neste site o candidato terá acesso ao edital com as normas e objetivos do curso, bem como a lista de palestrantes com os respectivos temas a serem abordados.

O Vale Música integra o eixo de programas autorais do Instituto Cultural Vale, contempla intercâmbios entre estudantes e professores dos polos de formação do programa, aulas com músicos das orquestras profissionais patrocinadas pela Vale (Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Ouro Preto, Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e Nova Orquestra) e residências artísticas.

O Curso de Introdução à Regência é realizado desde 2018 pelo Projeto Vale Música Serra como uma atividade pedagógica de formação continuada. Neste ano, além da migração para o formato on-line, em função da pandemia da Covid-19, a grade curricular foi ampliada no sentido de relacionar as práticas de regência com o ensino coletivo, políticas públicas, terceiro setor, educação, práticas interpretativas, pedagogia, gestão de pessoas e projetos, gestão financeira e gestão cultural. O conteúdo programático será apresentado em formato de aulas expositivas, abordagens teóricas, atividades práticas, seminários, debates e leituras científicas.

Para o maestro Eduardo Lucas, idealizador do curso, a iniciativa visa a preencher uma lacuna existente na formação de regentes em nível estadual e nacional, uma vez que o formato on-line permite a participação de alunos de diversas regiões. “Temos uma carência muito grande de cursos de regência no nosso país. Os poucos que existem são voltados para a formação de grandes maestros de orquestras sinfônicas e orquestras profissionais. O regente do século XXI é também um educador, e há uma lacuna de cursos para formar maestros educadores”, aponta.

De acordo com o maestro, o ineditismo da formação oferecida neste ano está na junção de conteúdos interdisciplinares e multidisciplinares, que visam à preparação dos alunos em termos técnicos e administrativos, e na seleção de convidados de renome internacional. “O curso vai tratar das questões técnicas e também de gestão, do entendimento da estrutura pedagógica do projeto a que a banda ou orquestra está vinculada, da captação de recursos, da compreensão do terceiro setor, das políticas públicas de assistência social, elaboração de planilhas, prestação de contas, acompanhamento financeiro, assessoria de comunicação e de toda a cosmologia de gestão inerente à função de um maestro”, adianta.

Um dos objetivos do curso é proporcionar aos alunos o acesso ao conhecimento e experiência de regentes consagrados. O maestro Eduardo Lucas faz questão de destacar o alto nível dos palestrantes convidados: “Dario Sotelo é referência mundial na regência de bandas sinfônicas e foi presidente da Wasbe (Associação Mundial de Conjuntos de Sopros e Bandas Sinfônicas); Maria José Chevitarese é professora doutora da UFRJ e referência no Brasil em canto coral infantojuvenil e em elaboração de óperas infantis; Marcelo Jardim é professor da UFRJ; e o maestro Nelson Ayres, figura importantíssima para a música instrumental brasileira, atualmente é regente da Orquestra Jovem Tom Jobim”, observa.

Para a gerente do Instituto Cultural Vale, Christiana Saldanha, o curso de Introdução à Regência está em consonância com a estrutura pedagógica do Programa Vale Música e com o papel da instituição no processo de democratização do acesso à cultura e do fomento da arte. “Desde 2019, quando foi criado, o Programa Vale Música está em constante evolução. O curso de Regência do Vale Música Serra, modalidade inédita no Programa, se junta a outras categorias de formação para possibilitar novas possibilidades aos músicos, reflexo de nossa busca incessante pelo aperfeiçoamento. Oferecido a interessados em todo o país, o curso é gratuito e será ministrado à distância, em virtude da pandemia de Covid-19”, destaca Saldanha.

Fique ligado
Curso remoto de Introdução à Regência do Programa Vale Música
Vagas: 300 (160 vagas para ampla concorrência, 40 vagas para alunos do Projeto Vale Música Serra e 100 vagas para os acordos de parceria estratégica do Programa Vale Música).

Requisitos:
Ser regente de banda, orquestra, coral, big band e outras formações (deverá apresentar uma declaração comprovando a sua atuação em ONGs, Projetos sociais, Igrejas, Escolas e outros);
Ser estudante de música (deverá apresentar uma declaração da instituição de ensino superior (IES);
Ser músico formado (deverá comprovar através de diploma ou declaração)
Inscrições: até 14 de julho
Onde se inscrever: no site da Estação Conhecimento de Serra (www.estacaoconhecimentoserra.org)
Ficha de inscrição: https://forms.gle/RSMAPuNrGxtH8JzG9
Resultado dos selecionados: 19 de julho, no site da Estação Conhecimento de Serra
Início do curso: 24 de julho de 2021
Encerramento: 09 de abril de 2022
Carga horária: 200 horas, sendo 120 horas síncronas (por plataforma de videochamada Zoom) e 80 horas assíncronas (atividades pré-estabelecidas no AVA – Google Classroom)
Dúvidas: coord.valemusica@estacaoconhecimentodeserra.org

Sobre o Programa Vale Música:
Desde o início dos anos 2000 a Vale cria oportunidades para estudantes participarem de formações musicais e desenvolverem seus talentos nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Pará e Mato Grosso do Sul. Em 2019, a empresa criou o Programa Vale Música, uma rede colaborativa de ensino e aprendizagem composta pelos projetos musicais dos quatro estados e as maiores orquestras do país. Ao todo, a rede envolve mais de 240 profissionais e mais de 1.000 estudantes. São parceiras do Programa Vale Música a Orquestra Sinfônica Brasileira, a Orquestra Ouro Preto, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, a Nova Orquestra e a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, patrocinadas pelo Instituto Cultural Vale por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Sobre o Instituto Cultural Vale:
O Instituto Cultural Vale parte do princípio de que viver a cultura possibilita às pessoas ampliarem sua visão de mundo e criarem novas perspectivas de futuro. Tem um importante papel na transformação social e busca democratizar o acesso, fomentar a arte, a cultura, o conhecimento e a difusão de diversas expressões artísticas do nosso país, ao mesmo tempo em que contribui para o fortalecimento da economia criativa. Em 2021, são mais de 150 projetos criados, apoiados ou patrocinados em 24 estados e no Distrito Federal. Dentre eles, uma rede de espaços culturais próprios com visitação gratuita, identidade e vocação únicas: Memorial Minas Gerais Vale (MG), Museu Vale (ES), Centro Cultural Vale Maranhão (MA) e Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA). Visite o site do Instituto Cultural Vale para saber mais sobre sua atuação: www.institutoculturalvale.org.

Serviço do seguro-desemprego volta a ser oferecido no Sine Parauapebas

Desde desta terça-feira, 15, os trabalhadores que precisam do seguro-desemprego podem se dirigir ao Sine de Parauapebas, para requerer o benefício, sempre das 9 às 16 horas. Esse atendimento específico seguirá até sexta-feira, 18.

Uma equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Siaster) estará no município para orientar e habilitar os servidores do Sine sobre todos os procedimentos para o pedido do seguro-desemprego formal e informal, entrada da ata judicial e desbloqueio do PIS.

O atendimento faz parte do curso de capacitação da Siaster para que o Sine se prepare e volte a oferecer o serviço, que em toda a região somente é disponibilizado pelos municípios de Marabá e Canaã dos Carajás.

“O curso de capacitação é prático e será realizado por ocasião do atendimento àqueles trabalhadores que vierem ao Sine para requerer o seguro-desemprego”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento, Mariano Junior.

Até sexta-feira, 18, a meta dos técnicos é atender uma média de 40 trabalhadores, por dia. Para mais informações ou em caso de dúvidas, o contato pode ser feito pelo whatsApp (94) 98438-8749.

O que é o seguro-desemprego?

É um dos mais importantes direitos dos trabalhadores brasileiros, que oferece auxílio em dinheiro por um período determinado. É pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alternada, de acordo com o tempo trabalhado.

Quem tem direito ao seguro-desemprego?

  • Trabalhador formal e doméstico, em virtude da dispensa sem justa causa, inclusive dispensa indireta;
  • Trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador;
  • Pescador profissional durante o período do defeso;
  • Trabalhador resgatado da condição semelhante à de escravo.

Quais documentos são necessários para o pedido do seguro?

  • Documento do Requerimento do Seguro-Desemprego (que deve ser entregue ao trabalhador dispensado sem justa causa).
  • Número do CPF

Várias vagas de emprego disponíveis nesta terça-feira em Canaã dos Carajás

O Sine de Canaã dos Carajás divulgou novas vagas em aberto nesta terça-feira (15). O atendimento presencial foi retomado. O Sine funciona das 8h às 14h, na Avenida JK, 104. Os interessados devem apresentar documentos pessoais e Carteira de Trabalho.

Serão priorizados os atendimentos para encaminhamento de profissionais às vagas em aberto, mesmo que o trabalhador não esteja cadastrado no sistema do Sine. Os atendimentos para cadastro também serão realizados.

Confira a lista de vagas:

       

Obras do projeto de revitalização do Igarapé Lajeado iniciam nesta quarta no Bairro Ipiranga

Amanhã, 16, a Prefeitura de Parauapebas dá início à primeira etapa de obras do Projeto de Revitalização e Recuperação do Igarapé Lajeado. É mais uma importante frente de trabalho que integra o Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap).

O novo projeto abrange intervenções de micro e macrodrenagem, esgotamento sanitário, abastecimento de água, construção de unidades habitacionais, de parques urbanos e lineares, urbanização e paisagismo. “É um projeto belíssimo. O mais importante é que ele trará uma melhoria de vida extraordinária para a nossa gente”, enfatiza Darci Lermen, prefeito municipal.

As obras serão executadas pela empresa Transvias e vão começar pelo bairro Ipiranga, com a construção, nesse primeiro momento, da rede de coleta de esgoto. Com as execuções, as ruas G01, G17, E10, A8, C16, C17 e Avenida Dubai serão interditadas de forma programada.

“Vamos iniciar com a construção da rede dupla de esgoto nessa região. Nosso planejamento é executar 30 metros de rede, por dia. Assim como construir a Estação Elevatória de Esgoto”, antecipa o engenheiro da Transvias, Sérgio Sabia.

1º trimestre de obras

Nesses primeiros três meses de obras estão previstas a construção de 50% da rede coletora de esgoto do bairro Ipiranga, 100% das duas estações elevatórias dos bairros Ipiranga e Tropical, e ainda liberação da terraplanagem para execução do sistema viário [reconstrução e construção de novas vias]. “A meta é cumprir todo o planejamento”, reforça o engenheiro Sérgio.

O contrato com a empresa Transvias é na ordem de R$ 55 milhões, com previsão de execução  em 18 meses. Nessa primeira etapa, as obras vão alcançar os bairros Ipiranga, Jardim Tropical I e II, Novo Tempo, Jardim Ipê e Vale do Sol.

Com a revitalização e recuperação do Igarapé Lajeado, mais de 90 mil pessoas de dez bairros de Parauapebas serão beneficiadas com mais qualidade de vida, lazer e bem-estar.

O Projeto do Igarapé Lajeado tem duração de quatro anos, com o seu desenvolvimento em duas etapas. Com todas as intervenções previstas pelo Prosap, o município de Parauapebas estará entre as melhores cidades do Brasil em saneamento básico e infraestrutura urbana.

Conheça mais sobre o projeto aqui.

Pará registra redução no índice de violência contra a Pessoa Idosa

O Pará tem muito a comemorar neste dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado hoje, 15 de junho. A redução histórica de 21% nos índices de violência contra esse grupo, foi registrada nos cinco primeiros meses de 2021, os quais apresentaram queda, em relação ao número de denúncias no ano anterior.

“O Pará, que vem sendo destaque nacional na redução de crimes violentos, também comemora mais essa marca. Importante ressaltar que a Polícia Civil trabalha incansavelmente na prevenção, evitando que casos mais complexos cheguem a se tornar crime. É mais uma vitória do nosso povo”, enfatizou o Delegado-Geral da Polícia Civil, Walter Resende.

De acordo com o levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), em 2020, no período de janeiro a maio, foram registrados 6.821 casos de violência contra os idosos no Estado. Em 2021, no mesmo período, foram computados 5.377 casos, apontando uma redução de 21% nos registros.

Os dados apontam que o trabalho integrado, realizado pela Polícia Civil do Pará e todos os órgãos que compõem o sistema de segurança pública, vem sendo realizado com eficácia.

“O trabalho de conscientização em relação aos direitos previsto no Estatuto do Idoso, levado tanto aos idosos quanto aos familiares, por meio de Policiais Civis e Assistentes Sociais da DPID, tem tido resultado. Vamos continuar avançando nesse trabalho e reforçamos a importância das denúncias, para que continuemos atendendo todos os casos onde os idosos sejam vítimas” afirmou a delegada Cynthia Viana, titular da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV).

Os números são frutos de um trabalho feito com dedicação. Para a titular da Delegacia de Proteção à Pessoa Idosa (DPID), delegada Cláudia Guedes, os resultados são consequências desse serviço realizado diariamente, demonstrando também, um passo na evolução da sociedade em prol desse combate.

“Neste dia de Combate e conscientização, primeiro parabenizo todos os idosos e celebro a redução no índice de violência contra eles. O nosso desejo em cada ação, é levar cada vez mais conscientização e prevenção à sociedade para que possamos caminhar juntos no combate a esse tipo de violência, e na garantia do direito de todos eles. Além de reforçar, que a DPID está de portas abertas para recebê-los, caso sejam vítimas desse tipo de crime”, enfatizou a titular da DPID, Cláudia Guedes.

Combate – O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2006, com o objetivo de sensibilizar a sociedade para o combate à violência cometida contra a pessoa idosa.

“Para nós, da Polícia Civil do Pará, o principal combate, sempre será a prevenção. Por esse motivo, estamos presentes em palestras e eventos para compartilhar e fazer conhecido os direitos da Pessoa Idosa”, reiterou Cláudia Guedes.

Atendimento DPID – A Delegacia de Proteção à Pessoa Idosa, trabalha com uma equipe multidisciplinar composta por Policiais Civis e Assistentes Sociais, os quais a partir das denúncias, fazem diligências até o local e, a partir das visitas, emitem um relatório para dar prosseguimento à apuração dos fatos.

“Ressaltamos a importância das denúncias. Às vezes são conflitos familiares, mas a nossa equipe faz a orientação necessária. Em outros casos, onde se configura crime, um termo circunstanciado de ocorrência (TCO), é feito ou um Inquérito Policial (IPL), é instaurado para investigação do crime”, pontuou Cláudia Guedes.

Garantia de Direitos – Lei Estadual 9.279 – No último dia 09 de junho, foi sancionada pelo governador Helder Barbalho, a Lei 9.279, estatuída pela Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), que veda a oferta e celebração de contratos de empréstimos direcionados a aposentados e pensionistas, por meio de ligação telefônica. O objetivo é reduzir o risco de fraudes, a partir da utilização indevida de dados pessoais e bancários, sobretudo de idosos.

“Essa lei visa a dar uma segurança jurídica maior à pessoa idosa que é muito vulnerável, bem como uma transparência nas transações comerciais”, afirmou a titular da DPID.

Outra medida para o fortalecimento do combate à violência contra grupos vulneráveis no Pará, incluindo a Pessoa Idosa, foi o sancionamento da Lei 9.278, a qual determina que pessoas integrantes de condomínios residenciais, conjuntos habitacionais e similares, comuniquem à Polícia Civil, de forma imediata, qualquer tipo de agressão praticada contra mulheres, crianças, adolescentes e idosos. A Lei começa a vigorar em 30 de julho.

Serviço – O atendimento é realizado diariamente na Delegacia de Proteção ao Idoso (DPID), da Polícia Civil, vinculada à Diretoria de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAV), que está localizada na rua Avertano Rocha, n° 417, entre travessas São Pedro e Padre Eutíquio, bairro da Cidade Velha, em Belém. As denúncias também podem ser feitas pelo Disque 100 e Disque Denúncia 181, além do aplicativo de mensagens Iara (91) 98114.9181

Lei de Diretrizes Orçamentárias será debatida em audiência pública virtual

Na próxima segunda-feira, 21 de junho, às 9 horas, a Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) realizará audiência pública virtual para apresentar e debater o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO (PL nº 56/2021).

O PL n° 56/2021 é de autoria do Poder Executivo Municipal e contém as normas para elaboração da Lei Orçamentária Anual para o próximo ano – LOA/2022. A proposição é fundamental para distribuir os recursos que serão arrecadados pelo município. Por isso, antes que a LDO seja colocada para votação pelos vereadores, a comunidade terá a oportunidade de opinar e contribuir com a elaboração de um orçamento mais próximo da realidade de Parauapebas.

Devido às medidas de prevenção à propagação da covid-19, a audiência pública será realizada na modalidade virtual, sem a presença de público. Qualquer cidadão ou entidade representativa poderá participar do debate, mas a participação será virtual e com inscrição prévia.

Participe!
As inscrições para participar da audiência pública da LDO podem ser realizadas até o dia 18 de junho, no site da CMP, www.parauapebas.pa.leg.br, ou diretamente no link https://www.even3.com.br/audiencialdo/. Somente os inscritos poderão contribuir com opiniões, sugestões e propostas, que serão enviadas por mensagem ou apresentadas por meio de participação ao vivo. Ao se inscrever, é necessário inserir um número de telefone que possua whatsapp para contato em caso de participação virtual.

Acompanhe!
A audiência será transmitida ao vivo pelo site da CMP www.parauapebas.pa.leg.br, pelo canal do Legislativo no Youtube https://www.youtube.com/channel/UCQH0_Qeez5wuduF_g5s6xAA e pela Rádio Câmara 95,7 FM.

Os trabalhos serão conduzidos pela Comissão de Finanças e Orçamento (CFO), composta pelos vereadores Léo Márcio (Pros) – presidente, Zacarias Marques (PP) – membro e Francisco Eloecio (PRB) – membro.

Projeto
O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias é composto pelas prioridades e metas da administração pública municipal; estrutura e organização dos orçamentos; diretrizes para a elaboração e execução dos orçamentos do município e suas alterações; resoluções referentes às transferências voluntárias ao setor público e à destinação de recursos ao setor privado às entidades de classe sem fins lucrativos e às pessoas físicas; disposições relativas às despesas do município com pessoal e encargos sociais, bem como as providências sobre alterações na legislação tributária do município.

Você pode ter acesso ao Projeto de Lei nº 56/2021 completo no site da CMP, inclusive poderá fazer o download da proposição e anexos neste link https://sapl.parauapebas.pa.leg.br/materia/4069 .

MARANHÃO/PARÁ: Trem de Passageiros volta a circular nesta quinta-feira (17)

A circulação do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás será retomada nesta quinta-feira, dia 17 de junho, por solicitação da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT). A operação estava suspensa desde maio, a pedido do Governo do Estado do Pará como medida preventiva no enfrentamento à pandemia da Covid-19 naquele estado. Na quinta-feira, o trem parte da estação de São Luís (MA) em sentido à cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará. Os bilhetes já estão disponíveis para compra a partir de hoje, dia 15, prioritariamente pela internet no site www.vale.com/tremdepassageiros.

Medidas de controle na retomada

O Trem volta a circular com as mesmas medidas de controle sanitário e de saúde adotadas antes da suspensão, com protocolos voltados à venda de passagens, embarque de passageiros e durante a viagem. Entre as medidas, estão: redução no total de vagas oferecidas em 50%, aumentando o distanciamento entre as poltronas ocupadas; venda de bilhetes prioritariamente pela internet e pontos de vendas ao longo do trecho; aferição de temperatura antes do embarque; uso obrigatório de máscaras; oferta de álcool em gel nas estações e a bordo do trem e a intensificação da limpeza e da desinfecção de áreas comuns.

Confira mais detalhes dos protocolos:

– Distanciamento social durante as vendas de passagens, embarque e desembarque;

– Isenção de cobrança de multa para remarcação e cancelamento;

– Suspensão da venda de bilhetes nas estações;

– Bilhetes vendidos com antecipação de 15 dias. As vendas são feitas prioritariamente pela internet (vale.com/tremdepassageiros);

– Circulação a bordo restrita ao carro indicado no bilhete;

– Os carros lanchonete e restaurante não estão abertos ao público, e as refeições são servidas nos assentos para reduzir a circulação de pessoas;

Para mais informações, os passageiros podem entrar em contato com o canal de atendimento Alô Ferrovias 0800 285 7000.

Acusado de cometer crimes no Mato Grosso, homem é preso em Parauapebas

Três mandados de prisão preventiva foram cumpridos pela Polícia Civil contra o mesmo alvo na tarde da última segunda-feira (14), em Parauapebas, sudeste do Pará.

Trata-se de Jamilson Lopes Martins, preso no Bairro Cidade Jardim, pela equipe da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, contra quem pesa as acusações de homicídio qualificado na cidade de Nortelândia, Mato Grosso, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, Vara Única de Nortelândia; Estupro de vulnerável, praticado na cidade Monte Verde, Mato Grosso; E prisão Civil, por não cumprimento da obrigação de pensão alimentícia, na cidade de Arenápolis, também no Mato Grosso.

Como as acusações dos crimes foram feitas em outros município e os mandados de prisão expedidos por outro Estado, o preso deverá ser recambiado para o Mato Grosso.

Em Parauapebas, mãe cobra justiça pelo filho que foi espancado até a morte

Espancado até a morte na residência de sua “ficante”, José Victor Fernandes do Santos, 27 anos de idade, não teve chances de defesa, sendo levado para o Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde morreu dias depois.

Agora, sua mãe, Joana Fernandes dos Santos, pede que seja feita justiça, já que nenhum dos envolvidos no crime foi responsabilizado.
Ela conta que tudo aconteceu no dia 14 de março, quando seu filho, José Victor saiu para a rua e mais tarde, depois de 1h30 da manhã, Natália, que era sua “ficante”, ligou para ele que saiu ao encontro dela em sua residência no Bairro Guanabara. “Ele tinha feito, pela manhã de sábado, uma compra no supermercado de aproximadamente R$ 1 mil. Imagino que ao chegar lá e ver Luís Henrique, que também era ficante da mesma, cobrou ciúmes”, imagina Joana, detalhando que além de Luís Henrique estava lá Lázaro Pinheiro, cunhado de Natália, e a dupla espancou seu filho até a morte.

Ainda de acordo com Joana, depois da tragédia acontecida, todos deixaram a casa e ele, José Victor, ficou agonizando do lado de fora, sendo socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) , que veio chamado por vizinhos. “Ela poderia ter me avisado, pois, ela tem meu número de telefone e ainda de parentes e amigos dele. Mas, ela simplesmente fugiu juntamente com o cunhado e o ficante”, conta Joana Fernandes dos Santos, dizendo que o filho foi deixado no Hospital Geral de Parauapebas, como indigente, já que os documentos e o celular dele desapareceram e só na terça-feira, após 72 horas ela o encontrou.

José Victor Fernandes do Santos foi espancado até a morte

 

De acordo com Joana, após ligar várias vezes para o filho pensando que ele estaria para o trabalho, ligou também para o patrão do filho, quando ficou sabendo que ele não havia comparecido no trabalho nem justificado. “Liguei o alerta e não tive outra pessoa para suspeitar que não fosse a Natália. No entanto ela não atendeu minhas ligações e nem respondia as mensagens. Então pedi para um amigo dela ligar e ouviu dela que estava se escondendo do Victor porque ele estava atrás dela. E só depois ela mandou mensagens contando uma versão de que dois caras estranhos tinham chegado na casa dela a procura do Victor. Porém, há testemunhas de quem foi que agrediu meu filho e a polícia também tem conhecimento disso”, garante Joana, dizendo esperar uma resposta do Ministério Público no sentido de prender os culpados, dando assim resposta a ela.

https://youtu.be/hu8e345vJlE

 

Joana conta ainda que Natália, após o período de flagrante, compareceu à 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, e deu um depoimento que ela qualifica como sendo “mentiroso”, porém, dando como características as mesmas dos verdadeiros culpados. “Tudo o que quero é justiça, pois, meu filho era um homem, trabalhador e não um vagabundo”, reclama Joana.

Saiba se tem alguma encomenda em seu nome nos Correios de Parauapebas (15/06/2021)

Uma grande demanda que leva pessoas às agências são correspondências e encomendas destinadas aos bairros que não possuem entrega domiciliar, as quais devem ser retiradas na agência dos Correios da Rua 10Bairro Cidade Nova, em Parauapebas.

Assim, para facilitar o atendimento e o destinatário saiba, sem consultar no balcão, se sua encomenda já está disponível para retirada, em parceria com os Correios, o Portal Pebinha de Açúcar divulga uma lista em ordem alfabética, com objetivo de que o cliente realize a consulta sem a necessidade de esperar tanto tempo em fila. Ou seja, ele só ficará na fila com a certeza de que há alguma encomenda para ser recebida naquela unidade.

Portanto, se você está aguardando uma encomenda a ser retirada na agência dos Correios que fica na Rua 10, nº 219, agora você pode contar com o auxílio do Portal Pebinha de Açúcar que divulgará aqui sempre que houver atualização da lista feita pelos CorreiosConfira a lista atual clicando ao lado: Lista Correios 15-06-2021

Deixe seu comentário