Publicidade

Detento em regime provisório escapa da carceragem do Rio Verde

O presidiário José de Sousa, que respondia por estupro em regime provisório, na carceragem do Bairro Rio Verde, em Parauapebas, de acordo com informação repassada ao Portal Pebinha de Açúcar, aproveitou uma suposta falha na segurança e ganhou liberdade. A fuga teria sido pela porta da frente da carceragem e ocorreu por volta das 7h30 da manhã desta quinta-feira (11).

Por apresentar bom comportamento, a Justiça transformou a prisão em cela de José de Sousa em regime provisório na carceragem municipal, onde prestava alguns serviços na cadeia.

Saraiva publicidade

Na manhã desta quinta-feira (11), o detento abusou da confiança que recebera e resolveu fugir da carceragem. A Polícia Militar está no encalço do fujão, que quando for recapturado deverá perder o direito de ficar em regime provisório e será colocado atrás das grades.

SUSIPE apresenta outra versão

De acordo com nota divulgada à imprensa através da Assessoria de Comunicação da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (SUSIPE), a fuga do criminoso aconteceu de outra forma, confira a nota:

“A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (SUSIPE) confirma a fuga do interno José de Sousa, do regime provisório da Carceragem de Parauapebas, na manhã desta quinta-feira (11). O detento trabalhava como pedreiro, na construção de dias novas celas, dentro da unidade prisional e pulou o muro quando estava trabalhando na obra”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu