Publicidade

Deus é justo!

Um cliente me procurou para defendê-lo da acusação de roubo à mão armada. Disse que nunca praticou crime na vida dele. Que estava perto do local do assalto e fora confundido com outra pessoa que usava roupas parecidas com a dele. Depois de me contar tudo, disse: “Mas Deus é justo, doutor! Ele sabe o que faz!”

Aquilo mexeu comigo. O cidadão tem ficha limpa, é trabalhador, várias testemunhas compareceram à delegacia para defendê-lo, é pai de família. Mesmo assim, apanhou dos policiais, foi humilhado, maltratado. Só depois de várias horas, com a presença de advogado, pagando caro com dinheiro que não dispõe, foi solto sob fiança e terá que se defender perante a justiça. E, mesmo assim, ainda diz que Deus é justo?


Definitivamente, não sou um homem de fé! Nem sei porque Deus me ajuda e protege tanto! Não mereço, pois não vejo justiça nisto. Nem vi justiça no fato de um homem ter sido humilhado, torturado, cuspido, crucificado, furado por lança, assassinado! Josué 8:20: “Então os israelitas os mataram, sem deixar sobreviventes nem fugitivos, 23 mas prenderam vivo o rei de Ai e o levaram a Josué.” Em 2 Reis 2:24, um profeta pede a Deus que castigue as crianças que estavam zombando de sua careca. E imediatamente surgem duas ursas e despedaçam os 42 jovens desrespeitosos.

Em 1 Samuel 6:19, Deus não gostou que homens de Bete-Semes tivessem olhado dentro de sua enigmática arca e, em represália, matou 50.070. Segundo o cético e estudioso da Bíblia, Steve Wells, as mortes, como essas, registradas nas sagradas escrituras cometidas direta ou indiretamente por Deus, ou em nome Dele,  deram o total de 2.552.452. E o dilúvio? Quantos homens, mulheres, crianças e animais morreram? Sei que é um assunto polêmico e que poucas pessoas o discutem. Eu creio em Deus, que seja claro isto, mas tenho minhas dúvidas quanto ao fato de Ele ser justo.

Como advogado, vejo muita injustiça sendo cometida. Mas, é para isto que existem advogados, para combater a injustiça. E não é fácil. Não achei justo ter perdido minha filha de 02 anos, que se afogou na piscina de minha casa. No meu pensar, se Deus é bom e pode tudo, por que razão permite que coisas ruins aconteçam? Quantas crianças morrem de fome, queimadas, estupradas, abandonadas neste mundo? C R I A N Ç A S ! ! Anjos inocentes!

Quando uma coisa boa, um milagre acontece, são muitas mensagens de “como Deus é maravilhoso!” E quando as coisas monstruosas acontecem? É maravilha de Deus também? “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:5-6). Ou seja, devo continuar a crer em Deus e na bondade e misericórdia Dele, mesmo que o mundo caia sobre mim! Mas, por que Deus permite que coisas boas aconteçam com pessoas más? Eu não sei a resposta. Existem vários sites que tratam do tema. Talvez seja para mostrar que o mal existe, que pessoas más existem e devemos evitá-las. Eu não conheço pessoa má que tenha sido feliz. E ainda há o fato de haver punição na hora do juízo final, para aquele que crê.

Nada havia no começo de tudo. Como do nada surgiu algo? Como surgiu esta força descomunal chamada Deus? Creio que Ele começou tudo. A natureza segue o curso, se transforma. Tempestades, tsunamis, terremotos… Mortes, atrocidades, guerras, sofrimento. Deus é injusto? Não! As pessoas são. As pessoas devem procurar Deus. Mas, continua a pergunta: por que o crente em Deus sofre? A melhor resposta está em Jó! Leiam a história dele.

Eu, particularmente, apesar da perda de minha filha, não acho que Deus seja justo comigo. Ele é injusto. Eu não mereço todas as coisas boas que Ele me proporcionou. Por crer Nele, O questiono sempre, discordo Dele. E agradeço sempre, mais do que peço.

Então, ao dizer que Deus é injusto, digo-o por não merecer o amor Dele, por não amá-lo como o filho Dele me ama!

Mas isto é outra história… E você? Deus é justo?

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu