Publicidade

Duplicação da Rua E terá três quilômetros de extensão e contará com ciclovia

Uma das maiores preocupações de gestores nos tempos atuais é garantir mobilidade urbana. E a ideia de encontrar meios para que pedestres, cliclistas e motoristas convivam harmoniosamente pelas ruas da cidade é um dos principais desafios da Prefeitura de Parauapebas, que iniciou várias obras para esta finalidade. E agora dá início àquela que é a maior obra de mobilidade urbana do município.

Trata-se da duplicação da rua E, que irá mudar sensivelmente o tráfego de veículos na entrada da cidade, garantindo maior e melhor segurança para todos. “Essa é uma obra grandiosa que está em ritmo bem acelerado. E é importante dizer que esta obra está sendo executada com recursos próprios. A expectativa é que a entrada da nossa cidade fique mais segura. São mudanças significativas que vão contribuir no desenvolvimento de nossa cidade”, ressaltou o prefeito Darci Lermen em visita à obra, neste mês.


Ao lado do prefeito, equipes técnicas da Secretaria Municipal de Obras (Semob), que davam detalhes sobre os serviços, e a secretária de Obras, Silvana Faria, que ressaltou a importância da duplicação da rua E. “A gente sabe das dificuldades que o motorista enfrenta na entrada da cidade. O fluxo de veículo é bem intenso. E com essa obra vai ser um benefício muito grande para a tranquilidade para o condutor”, destacou Silvana.

A obra terá mais de três quilômetros de extensão e contará com ciclovia em todo percurso. Pontos onde já foram registrados vários acidentes estão sendo sanados com a implantação de quatro retornos e duas rotatórias. Tudo para garantir mais segurança aos condutores.

OBRAS PRA TODO LADO 

O município de Parauapebas está recebendo o maior investimento em obras de infraestrutura de toda sua história. São aberturas de novas ruas, drenagens, pavimentação asfáltica e com bloquetes, meio fio, sarjetas.

A população já percebe a mudança nas condições de muitas localidades, como no Complexo VS10, Liberdade 1 e 2, bairro São José e Nova Vida. E conforme enfatizou a secretária de Obras os investimentos também se estenderam para a zona rural do município.

“Estamos trabalhando no vigésimo ponto de aduelas, em mais de 160 pontos de manilhas e várias pontes velhas e pequenas, que não ofereciam segurança, foram arrumadas. São muitos os serviços realizados. As comunidades da zona rural hoje estão vivendo uma vida mais tranquila e a cada dia estamos chegando com nossas equipes em novos lugares”, assinalou a titular da Semob.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu