Publicidade

Jovens do Cangaço, Explosão de Cheiro e Coração do Sertão são as campeãs do Festival Jeca Tatu

Realizado pela Prefeitura Municipal de Parauapebas, em parceria com a Liga das Agremiações Juninas de Parauapebas (Liajup), o Festival Junino Jeca Tatu animou as noites de Parauapebas entre os dias 22 a 29 de junho.

A festa, que este ano homenageou este ano o cantor Dominguinhos, proporcionou maior espaço para cantores locais que se apresentaram no coreto da Praça de Eventos. Bandas nacionais como Forró Bom de Farra, Banda Xote Xique também compareceram ao evento que foi finalizado no domingo (29) com o show do cantor paraense Pinduca.

Saraiva publicidade

Em sua 12ª edição, o Festival Jeca Tatu, que foi coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), contou com a presença de um público de mais de 40 mil pessoas, ao longo das oito noites, em média cinco mil pessoas por noite se divertiram com atrações lúdicas, shows, quadrilhas, comidas típicas e visita à Casa da Roça (reprodução de uma casa tipicamente rural nordestina).

A quadrilha Jovens do Cangaço foi a campeã do Festival Jeca Tatu deste ano no estilo caipira. Da disputa de salão a vencedora foi a agremiação Explosão de Cheiro e na estilizada foi Coração do Sertão.

O certame foi acirrado, com 20 apresentações de quadrilhas, nos estilos caipira, estilizada e de salão, além da disputa intermunicipal.

Confira a colocação de todas as quadrilhas:
Salão – Explosão de Cheiro (campeã), Sedução Junina (segundo lugar)
Estilizada – Coração do Sertão (campeã), Chapéu de Palha (segundo lugar), Guerreiros de Fogo (terceiro lugar)
Caipira – Jovens do Cangaço (campeã), Morceguinhos da Roça (segundo lugar), Flor do Sertão (terceiro lugar), seguidas de Rabo de Palha, Os Caipiras, Cabras da Peste, Flor do Futucai, Os Matutos, e Espoletada.

No intermunicipal as quadrilhas de Marabá levaram tudo. Fogo no Rabo foi campeã e Sensação Junina ficou em segundo.

Reportagem: Luis Bezerra
Foto: israel Lira

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu